Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

Rizicultores querem exportar 10% da produção

Agricultores gaúchos, que colhem cerca de 8 milhões de toneladas por ano, querem destinar parte da safra ao exterior. Até sábado ocorrem rodadas de negócios com importadores em Pelotas.
O Rio Grande do Sul, maior produtor de arroz do Brasil, com oito milhões de toneladas por ano, pretende direcionar 10% desta produção para o mercado externo. As negociações começam nesta quinta-feira (07), com a realização de uma rodada internacional de negócios na Exposição Internacional do Arroz (Expoarroz 2009), que ocorre até sábado (09), em Pelotas. O evento reune 37 empresas vendedoras brasileiras e 10 importadores de diversos países.
"O objetivo é ofertar, no mínimo, 200 mil toneladas de arroz a importadores tradicionais da África do Sul, Argentina, Bélgica, Estados Unidos, Inglaterra e Suíça, além do Brasil", revela o superintende da Bolsa Continental de Mercadorias, Fernando Estima.
Segundo ele, o encontro proporcionará a realização de aproximadamente 190 reuniões de 20 minutos cada. "Nessa primeira edição da Expoarroz, consideramos que nossa principal meta, que é aproximar compradores e vendedores de arroz beneficiado, já foi alcançada", afirma. De acordo com Estima, o próximo passo será formar grupos de exportadores, aumentar as interlocuções entre produtores e compradores e incentivar o processo de certificação do alimento gaúcho. "Esse conjunto de ações, sem dúvida, fomentará a comercialização do grão no Brasil inteiro", acredita o superintendente da BCM.
A gerente da regional sul do Sebrae/RS, Rosani Boeira Ribeiro, destaca que o momento econômico internacional é importante e delicado, merecendo ações mais ousadas e assertivas. "As rodadas de negócios são uma grande aposta do Sebrae/RS neste sentido. No caso da iniciativa internacional na Expoarroz, o objetivo é ampliar a fatia de mercado no comércio exterior e valorizar o preço pago pela saca para o produtor", diz.
O presidente da Pirahy Alimentos, Celso Paulino Rigo, uma das 37 empresas vendedoras que participarão do encontro, pretende ampliar as exportações de seu principal produto: o arroz Prato Fino. "Já temos relações comerciais com Estados Unidos e Espanha, mas queremos expandir o portfólio de clientes no exterior", enfatiza. A Pirahy Alimentos está localizada em São Borja, fronteira oeste do Rio Grande do Sul, mais importante região produtora de arroz do País.
A rodada internacional de negócios da Expoarroz 2009 é promovida pelo Sebrae no Rio Grande do Sul, a Federação das Indústrias do Estado (Fiergs), a Secretaria Estadual do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais (Sedai) e a Bolsa Continental de Mercadorias.
Fonte: Agência Sebrae.
08/05/2009