Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

Brasil e Argentina realizam reunião de comércio em Buenos Aires

Começa hoje (4/6) a Reunião de Monitoramento do ano, o encontro segue até amanhã, sexta-feira. Coordenada pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ivan Ramalho, pelo lado brasileiro, a reunião tem pauta diversificada. Dentre os temas previstos estão a análise do comércio, defesa comercial, harmonização estatística, além de assuntos agrícolas como trigo, a entrada de produtos cítricos no mercado brasileiro e requisitos fitossanitários para banana.
Nos primeiros cinco meses do ano, as empresas brasileiras exportaram para a Argentina US$ 3,897 bilhões, valor 44,2% menor que o registrado no mesmo período de 2008 (US$ 6,978 bilhões). Nessa comparação, observou-se também a retração da participação das exportações para a Argentina de 9,7% nos cinco primeiros meses de 2008 para 7% em 2009.
Os principais produtos brasileiros exportados para a Argentina de janeiro a maio deste ano foram automóveis de passageiros – principal item, com participação de 15,2% no total exportado –, autopeças (8,6%); aparelhos celulares (6,6%); polímeros (3,2%), veículos de carga (3,1%) e tubos de ferro (2,9%).
As importações brasileiras de produtos argentinos, nos primeiros cinco meses do ano, chegaram a US$ 3,930 bilhões, desempenho 25,8% menor em relação a ao mesmo período do ano passado (US$ 5,298 bilhões). A participação argentina no total das importações brasileiras subiu de 8,3% de janeiro a maio de 2008 para 8,5% neste ano.
Grupo China
Os representantes dos dois governos analisam seus respectivos intercâmbios comerciais com a China. O objetivo é traçar estratégia para que o crescimento nas importações de produtos chineses não interfira negativamente no comércio bilateral Brasil-Argentina.
Privados
Desde março de 2009, os setores privados do Brasil e Argentina têm se reunido para buscar soluções para o comércio bilateral de produtos específicos como móveis de madeira, freios e embreagens, linha branca, calçados, têxteis e confecções (cama e banho), e leite em pó. Essa é a quarta rodada de encontro setorial, que acontece paralelamente à reunião bilateral de governo.
Fonte:
Assessoria de Comunicação Social do MDIC
04/06/2009