Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

Reservas internacionais do Brasil têm nível moderado, avalia indicado para presidir BC

Foto: Antônio Cruz/Abr
O futuro presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, passa
por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado
Foto: Antônio Cruz/Abr

O nível de reservas internacionais no Brasil é “moderado”, em relação ao tamanho da economia brasileira, avaliou o indicado para presidir o Banco Central (BC), Alexandre Tombini, em sabatina no Senado.
Atualmente, as reservas internacionais estão em US$ 286,674 bilhões. Segundo Tombini, o nível de reservas brasileiras representa menos de 15% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Ele comparou esse patamar ao de outros países em desenvolvimento que têm mais reservas, como a China – mais de 40% do PIB – e a Rússia, com 21% do PIB.
Tombini, que atualmente é diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro do BC, acrescentou que “a questão do tamanho ótimo” das reservas ainda não foi resolvida pelos economistas.
Para ele, as reservas internacionais ajudaram o Brasil a superar a crise financeira internacional, iniciada em 2008. Segundo Tombini, o nível das reservas permitiu o uso de “forma criativa” dos recursos no enfrentamento da crise. (Kelly Oliveira)
Fonte: Agência Brasil.
07/12/2010