Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

Pontualidade de pagamentos de micro e pequenas empresas teve o melhor janeiro dos últimos seis anos

Pelo sexto ano seguido, as micro e pequenas empresas do país conseguiram elevar a taxa de quitação dos débitos na comparação com janeiro dos anos anteriores. O índice de pagamentos feitos à vista ou com um atraso máximo de sete dias atingiu 94,7%, superior ao registrado em igual mês do ano passado quando havia alcançado 93,8%, e a todas as taxas medidas desde 2006.
O levantamento feito pela empresa de consultoria Serasa Experian, no entanto, mostra que em relação a dezembro, o setor diminuiu o fôlego de caixa. No último mês de 2010, a taxa tinha sido de 95,4%. A queda no nível de capital de giro das empresas entre dezembro e janeiro é visto como “normal” pelos economistas da Serasa, que justificam o fenômeno como efeito da redução sazonal de atividade.
Eles alertam, entretanto, que as micro e pequenas empresas, principalmente do setor industrial, estão com mais dificuldade de honrar os pagamentos em relação a dezembro por causa da maior concorrência com os importados. “O menor nível de pontualidade do setor industrial é reflexo das dificuldades que a valorização cambial vem acarretando ao setor em termos de perda de competitividade.”
Na indústria, o índice alcançou 93,3%. Já no comércio, a taxa foi 95,3% e nos serviços, 94%. O valor médio dos pagamentos em janeiro foi 2,7% inferior ao de dezembro o equivalente a R$ 1.596,70. Porém, na comparação com janeiro do ano passado, houve elevação de 6,8%.
Na análise dos economistas, esta alta mostra que o setor ainda não sentiu o impacto das medidas de “aperto monetário”, adotadas no final do ano passado. Entre as ações tomadas com o objetivo de conter a pressão inflacionária, está o aumento do depósito compulsório – quantia que os bancos são obrigados a recolher no Banco Central. A medida reduziu a oferta de crédito e retirou de circulação cerca de R$ 61 bilhões. (Marli Moreira)
Fonte: Agência Brasil.
21/02/2011