Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

Exportação de mel registra US$ 3,8 milhões em janeiro

Foto Agência Sebrae.
Venda do mel produzido no Brasil ficou acima de 30%

Em janeiro, as exportações do mel nacional atingiram US$ 3,8 milhões e volume de 1.171.189 kg, demonstrando aumento de 30,8% em valor e de 13,7% em peso na comparação com o mesmo período de 2010, segundo levantamento mensal do Sebrae.
O valor médio pago pelo mel exportado foi de US$ 3,29/kg, um crescimento de 37,7% em relação a janeiro do ano passado. Na comparação com o mês anterior, houve queda de 30,4% no valor, de 13,7% na quantidade e de 1,8% no preço.
De acordo com o responsável pela área de Apicultura no Sebrae, Reginaldo Rezende, provavelmente as reduções identificadas em dezembro de 2010 estão relacionadas ao “vazio de oferta" gerado pela queda na produção de mel dentro e fora do país. “Os estoques internacionais do alimento continuam abaixo dos níveis normais. As quantidades produzidas e ofertadas são inferiores aos volumes demandados”, explica.
Segundo Reginaldo, a diminuição nos estoques no Brasil se deve à queda na produção nacional por duas safras consecutivas (2009 e 2010). Essa redução foi causada pelas secas nas regiões Norte e Nordeste e pelo excesso de chuvas no Sul e Sudeste. “Problemas climáticos em muitos países produtores e o crescente fenômeno mundial de perdas de enxames contribuem para reduzir a produção de mel em escala global”, alerta. Ele lembra que, por três anos consecutivos, a produção de mel da Argentina foi negativamente afetada pela seca.

Compradores
Os Estados Unidos foram o principal destino do mel brasileiro, com um total de US$ 1.657.372, respondendo por 43,1% da receita das exportações e pagando o preço de US$ 3,23/kg. A Alemanha ficou como segundo mercado, com receita de US$ 1.042.102, o equivalente a 27,1%, e pagando o melhor preço (US$ 3,39/kg). O Reino Unido absorveu 19% (US$ 732.923) dessas vendas, oferecendo US$ 3,26/kg. Outros países importadores de mel do Brasil foram Espanha, Canadá, França, Bolívia, Japão, Hong Kong e Taiwan.

Estados exportadores
Na produção interna, São Paulo respondeu por 33,9% das exportações brasileiras de mel, com US$ 1,3 milhão. O Rio Grande do Sul veio em segundo lugar com uma exportação de pouco mais de US$ 1 milhão, seguido pelo Piauí (US$ 365 mil), Santa Catarina (US$ 161 mil) e Bahia (US$ 3.773 mil). Minas Gerais e Mato Grosso do Sul registraram baixos valores de exportação, US$ 660 e US$ 741, respectivamente. (Regina Xeyla)
Fonte: Agência Sebrae de Notícias.
19/02/2011