Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura.
Índice do Canal.
Assista On Line a TV Net Babillons
Assista On Line a TV Net Babillons

EUA e Brasil discutem padronização de produtos para superar barreiras e ampliar comércio

As autoridades do Brasil e dos Estados Unidos avançam nas discussões para a definição dos sistemas de padronização para o comércio de produtos, em vários setores, dos dois países. A partir desse entendimento, a expectativa é ampliar as possibilidades comerciais entre brasileiros e norte-americanos. As reuniões ocorreram durante os debates da Comissão Mista de Ciência e Tecnologia Brasil-Estados Unidos, em Brasília.
Do lado do Brasil, as discussões foram comandadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do lado dos Estados Unidos pelo Nacional Instituto of Standards and Technology (Nist).
Desde 2006, brasileiros e norte-americanos discutem a padronização do biodiesel e bioetanol. “Essas discussões são fundamentais para a superação de barreiras e harmonização de padrões, métodos e procedimentos, visando o desenvolvimento de ciência e tecnologia”, avaliou o coordenador-geral de Articulação Internacional do Inmetro, Jorge Cruz.
Segundo Cruz, a padronização é estratégica porque supera eventuais barreiras técnicas ao comércio – em várias áreas.
Desde segunda-feira (12), as autoridades brasileiras e norte-americanas estão reunidas em Brasília para a terceira etapa da Comissão Mista de Ciência e Tecnologia Brasil-Estados Unidos. As reuniões ocorrem às vésperas da vista da presidenta Dilma Rousseff a Washington, nos dias 9 e 10 de abril.
Participaram das discussões além do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI, Carlos Nobre, o conselheiro para Ciência e Tecnologia e diretor do Escritório da Casa Branca de Políticas para Ciência e Tecnologia, John P. Holdren, e o embaixador Benedito Fonseca Filho, diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia do Itamaraty. (Gilberto Costa e Renata Giraldi)
Fonte: Agência Brasil.
13/03/2012