Abertura
Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Página de aberturaÍndice de notícias.

Na Indústria

Net Babillons
• Como a administração Odilon/Arnaldo vê a Usinor?
Odilon
Se hoje temos um distrito industrial, deve-se ao fato que na gestão Godofredo/Odilon nós traçamos o projeto. Em questão da vinda da Usinor daremos continuidade nas negociações, tanto que ja estamos nos interando de todos os trâmites legais e agendando reuniões para garantir a efetivação da instalação da Usinor na Ilha. Desejamos que a Usinor seja bem vinda a nossa cidade, bem como as industrias periféricas que virão em decorrência da Usinor.

Net Babillons
• Com a Usinor virão para São Francisco do Sul outras empresas. Estas empresas terão algum incentivo da Prefeitura?
Odilon
Claro, temos conhecimento que a Usinor recebeu incentivos, inclusive a nível estadual e nada mais justo que outras empresas que para cá venham recebam estes estímulos. É nossa idéia alargar este tratamento para o empresariado local, incrementando assim as micro e pequenas empresas e a geração de mão-de- obra.

No Turismo

Net Babillons
• Como o turismo será tratado por sua administração?
Odilon
São Francisco do Sul tem vocação natural para o turismo, vamos profissionalizá-lo. A exemplo de outros lugares potencialmente turísticos e que fazem parte de roteiros nacionais, vamos contratar estudos para viabilizar as tendências de São Francisco do Sul, bem como buscar profissionais capacitados, que tenham em sua bagagem o perfil turístico, marketings especializados em mídia turística, negociadores que tragam resultados a curto, médio e longo prazo e que possam alavancar novos projetos para São Francisco do Sul.

Net Babillons
• Quando se fala em turismo se fala de hotelaria. E as redes hoteleiras serão convidadas para investir em São Francisco do Sul com incentivos, seminários, convenções, fóruns, já que a cidade é carente em acomodações?
Odilon
Não se pode falar de turismo, sem infra estrutura básica, sem hotelaria não há turismo. A hotelaria é o pilar de sustentação, assim vamos buscar incentivos, investidores e parceria com a iniciativa privada. Temos conhecimento que grupo português Imovia voltará ao município para negociações, é o princípio para São Francisco do Sul tornar-se pólo de turismo, já que este grupo pretende construir um complexo hoteleiro. Nossa administração quer integrar a região no turismo, para isto pretendemos conversar com o prefeito reeleito de Joinville, Luiz Henrique, bem como de outras cidades vizinhas, no sentido de fazermos turismo integrado e assim distribuir a renda. O turismo ainda não foi explorado por falta de visão administrativa, mas a administração Odilon/Arnaldo quer profissionalizá-lo.

Net Babillons
• O projeto do Portal Naval Turístico será efetivado em sua administração?
Odilon
O projeto já existe, está pronto; falta efetivá-lo, será uma de nossas primeiras ações. Temos informações que há recursos em áreas específicas que possibilitam a sua operacionalidade e a futura administração num curto espaço de tempo concretizará este projeto, para assim se tornar um diferencial no turismo profissional.

Net Babillons
• O Museu Nacional do Mar é um dos quatro únicos museus temáticos do mundo, dado a importância, existe algum projeto para inserí-lo na mídia nacional e internacional?
Odilon
Sim, falamos que queremos profissionalizar o turismo e o Museu Nacional do Mar, já é uma atração plenamente turística, vamos colocá-lo na mídia de forma ostensiva com campanhas dirigidas, marketing específico e divulgá-lo sobremaneira para que ocupe o lugar que lhe é devido.

Foto: GMG
Prefeito eleito, Odilon Ferreira de Oliveira,
fala de seus projetos.

Foto GMG.
São Francisco do Sul - Centro Histórico e
Baia Babitonga.
Prefeito Eleito de São Francisco do Sul-SC

Net Babillons
• Em sua campanha eleitoral falava-se de uma série de projetos para definir São Francisco do Sul no cenário brasileiro como cidade turística e progressista. Como você define?
Odilon
Uma cidade progressista se faz com turismo profissional e São Francisco do Sul tem vocação natural para isto, com suas belíssimas praias, seu Centro Histórico, sua Baia Babitonga e na parte continental com o turismo rural e ecológico. Com o advento da industrialização acontecerá a geração de mão de obra para os francisquenses e ,consequentemente o crescimento auto-sustentável. Nossa administração tem como prioridade o ser humano e com o progresso haverá geração de recursos, comércio atuante e aquecido, melhor qualidade de vida, enfim, uma São Francisco do Sul progressista. Queremos fazer parceria com o porto, que é um dos geradores de renda para o município e com a administração atual.

Na Cultura

Net Babillons
• São Francisco do Sul tem quase 500 anos, a cidade mais antiga de Santa Catarina, a terceira mais antiga do Brasil, tem aproximadamente 36 mil habitantes. O que o Prefeito pretende fazer com o teatro que hoje não é teatro? E o cinema que não é cinema?
Odilon

Eu sou um defensor do lazer e da cultura e quero reativar esta antiga tradição de São Francisco do Sul, já que as últimas cabeças pensantes não olharam para este lado. Pretendemos incentivar a cultura, o entretenimento, o cinema e o teatro; trazer nos finais de semanas espetáculos e bons filmes de Joinville para São Francisco do Sul, por exemplo. Fazer uma cidade com retretas, calçadões, o antigo "footing", proporcionar lazer e melhor qualidade de vida. Queremos humanizar São Francisco do Sul.

Na Saúde

Net Babillons
• A nova administração pretende implementar na saúde UTI's para o hospital?
Odilon
Nossa saúde está na UTI também, pretendemos dar o tratamento básico a se iniciar pelos bairros. Arrecadamos, em média, R$ 2.000.000,00 por mês, 13% será destinado à saúde, ou seja, R$ 260.000,00 assim teremos condições de ter uma mini UTI. No continente, local distante dos centros de atendimento hospitalar, haverá ambulância ou similar, ou lancha equipada com mini UTI. Hoje nem hospital condizente temos. Queremos facilitar a área da saúde e atender os mais carentes, com ultra som, radiografia, etc. Pretendemos fazer um governo social e não nos desviaremos destas metas.

No Meio Ambiente

Net Babillons
• Há algum projeto que reveja as lei ambientais do município? Os mananciais de água na Vila da Glória estão comprometidos
pelo desmatamento desregrado com o plantio de pinus eliot, como fica a preservação do meio ambiente?
Odilon

Não há projeto, há preocupação nossa com o meio ambiente. Tão logo estejamos na Prefeitura criaremos mecanismos para isto. O meio ambiente é vida e se não houver esta preocupação, a vida perecerá.

Considerações Finais do Prefeito Eleito

Odilon
Os sonhos não devem ser só meus, mas de todos os francisquenses, para se tornarem realidade. Queremos uma São Francisco do Sul mais humanizada, mais social, administração participativa conversando com as lideranças e o povo em geral.
Implementar um conselho de desenvolvimento econômico, com geração de empregos motivados com a vinda da Usinor e de outras empresas que virão por atração.
Turismo profissionalizado; na área da educação, criar mais incentivos e convênios para os menos privilegiados.
Na saúde, detectar os problemas do nosso único hospital, mudar a administração, dar contribuição para que viabilize sua continuidade e a Prefeitura tenha autonomia na administração. Estamos no limiar de um novo milênio e vemos esgotos a céu aberto, teremos que recomeçar da estaca zero o saneamento básico.
Ainda falta água nos balneários e diversos bairros do município, calçamento nas ruas, enfim humanizar a cidade no todo.
Revisaremos o IPTU, para tirar valores abusivos, várias famílias estão no Fórum da Justiça e não merecem.
Queremos uma nova São Francisco do Sul, sem opressão, sem medo e que volte a sorrir.

São Francisco do Sul - SC, Outubro de 2000.

Odilon Ferreira de Oliveira

O Prefeito eleito de São Francisco do Sul em visita a redação do Portal Net Babillons falou para o Canal Notícias, nesta coluna, dos seus projetos para São Francisco do Sul e teceu comentários a respeito de sua administração.
São Francisco do Sul-SC, foi descoberta por franceses no ano de 1504 e ali habitavam índios Carijós. Hoje históricamente é conhecida como a cidade mais antiga de Santa Catarina e a terceira mais antiga do Brasil, seu Centro Histórico é de relevância nacional e o IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico Nacional já o inventariou e tombou. A cidade é histórica e turística, potencializada por diversos recursos naturais, tem o melhor Porto natural do sul do Brasil.

Índice do Canal.