Abertura
Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Luiz Roberto Lepeltier
Publicitário e Diretor da Messe Brasil

Perfil

Luiz Roberto Lepeltier, este empresário catarinense, faz parte da linhagem dos homens de negócios que abrem pesquisa para reconhecer novos nichos mercadológicos e descobriu que Joinville em Santa Catarina é um dos eixos mais importantes do sul do Brasil para feiras e negócios brasileiros.

Entrevista

Portal Net Babillons
A ExpoGestão 2003 visa qual enfoque empresarial?
Luiz Roberto Lepeltier
O seu desenvolvimento é muito importante, é a oportunidade que se tem de tornar público o que poucas empresas tem hoje dentro de sua organização. Então é muito importante a realização desta feira para que profissionais e empresários tenham condições de se desenvolverem dentro do meio competitivo.

Portal Net Babillons
A Messe Brasil tem hoje quantas Feiras no Calendário Anual?
Luiz Roberto Lepeltier
Nós temos quatro feiras grandes sendo realizadas a cada dois anos, então portanto a cada ano tem duas segmentadas, setoriais: na área de plásticos, construção civil, metalurgia e metal-mecânica.

Portal Net Babillons
Quais das Feiras desenvolvidas pela Messe Brasil, que você considera a de maior sucesso?
Luiz Roberto Lepeltier
A minha consideração é que todas são sucesso pleno, porque todas tem a sua dimensão, dirigida naquele segmento. Tem segmentos que são menores, como a metalurgia, você tem um universo de 300 empresas a nível de Brasil, enquanto o segmento de plásticos tem quase 15.000 empresas. Então uma feira para o segmento de metalurgia está atingindo todos os segmentos, de plásticos precisaria de centenas de milhares de metros quadrados para atingir, então acredito que nossas feiras aqui tem ocupado e atingido plenamente os setores que estão sendo mostrados.

Portal Net Babillons
Quando e como você iniciou a atividade profissional de desenvolver Feiras?
Luiz Roberto Lepeltier
Com as feiras comecei em 1972 quando trabalhei para realizar a Brazil Export em São Paulo, em seguida fomos realizar em Bruxelas, e de lá para cá já passou-se mais de 135 feiras. Em Joinville estamos há praticamente 8 anos e meio com feiras que a região tanto carece.

Portal Net Babillons
A Messe Brasil tem projetos de novas Feiras?
Luiz Roberto Lepeltier
Sim, estamos realizando novos projetos que estão em andamento que é Medican + H, que é medica, análises clínicas e hospitais, vamos realizar este ano ainda, no mês de outubro. Estamos desenvolvendo uma feira que vai ser paralela a Convenção Nacional dos Dirigentes Logistas, a feira que vai atender a tecnologia para lojas. E uma feira voltada para o turismo, deveremos estar realizando até maio do ano que vem.

Portal Net Babillons
Em sua vida empresarial qual foi o momento de maior motivação?
Luiz Roberto Lepeltier
É o agora e sempre.

Portal Net Babillons
Voce é um Paulistano que investiu forte no Estado de Santa Catarina, em Joinville, quais os seus planos de expansão para a sua Empresa?
Luiz Roberto Lepeltier
Os planos de expansão são naturais, a cada dia surgem novas oportunidades, que aparecem com as carências de conhecimentos, então isso oportuniza novos eventos e é com esses espaços que criamos e crescemos.

Portal Net Babillons
Existe algum Projeto da Messe Brasil, que envolva São Francisco do Sul pela passagem dos seus 500 anos, que acontecerá em janeiro do ano 2004?
Luiz Roberto Lepeltier
Nós realizamos a Expo Joinville 150 Anos, com muito sucesso até, tivemos mais de 300 mil visitantes na feira, a cidade toda passou dentro da feira e fizemos um projeto para realizarmos a Expo 500 Anos de São Francisco do Sul, mas isso depende de outros fatores, inclusive até de estruturas fixas no local necessários para abrigarmos uma feira, estamos aguardando a resposta de nossa proposta.

Portal Net Babillons
A Messe Brasil tem contabilizado o número de todos os visitantes, de todas as feiras que já desenvolveu?
Luiz Roberto Lepeltier
Eu não consigo fazer, mas anualmente temos uma média perto de 80 a 100 mil visitantes. Acredito que nesses oitos anos isso possa ser oito vezes isso.

Portal Net Babillons
Você está em Joinville há 8 anos ?
Luiz Roberto Lepeltier
Há 8 anos e meio, fizemos uma pesquisa no Sul inteiro para saber qual era a região que mais carecia de informações. Joinville é hoje o centro da maior área demográfica do Sul, onde num raio de 200 Km viaja-se 2 horas, visita-se um evento e retorna. Existem mais de 6 milhões e meio de pessoas que vivem nessa região, isso nenhum outro estado do Sul tem, uma Região tão rica como essa. Esse lado de Joinville, esses 200 Km e uma Região totalmente industrializada e emergente, então carece de informações técnicas e relacionamento com grandes mercados onde oportuniza-se que esses eventos sejam realizados aqui, para o desenvolvimento desse local.

Portal Net Babillons
O que as Feiras em geral trazem de beneficio para as empresas expositoras e as visitantes?
Luiz Roberto Lepeltier
É a sua inserção dentro do mercado globalizado. A cada ano que passa a gente vê as empresas crescerem, se desenvolverem e procurarem novas tecnologias para oferecer produtos mais competitivos, como melhores preços e portanto cada vez mais competitivos junto ao mercado globalizado. A importância dessas feiras para essas empresas que participam faz com que empresas de fora venham participar aqui também e elas passam a ser compradoras ou fornecedoras das indústrias daqui, isso amplia em muito o turismo de negócios, mas não só na feira, quando uma empresa de fora faz negócio com uma daqui, a cada 15 ou 30 dias ela estará aqui de volta. Se ele for bem recebido, bem tratado, quando estiver em férias vai querer trazer sua família também, que é o que o Brasil tanto carece, que é o desenvolvimento do turismo.

Portal Net Babillons
A Cultura de Feiras no Brasil teve um efetivo aumento, esse interesse crescente nos últimos cinco anos, em sua opinião deve-se a que?
Luiz Roberto Lepeltier
Óbviamente esse desenvolvimento das feiras no Brasil era uma coisa que estava muito clara que iria acontecer, no mundo inteiro acontece e a tendência é crescer mais ainda. Porque é a maneira mais barata de divulgar o produto que você tem, o serviço que você presta e ao mesmo tempo se coloca em contato com quem tem interesse em comprar e oportuniza você a poder dialogar e adaptar aquilo que se tem, ao que o mercado precisa. Então a importância das feiras para o desenvolvimento das Empresas é vital, em Joinville existem empresas que não tinham condições de participar de feiras, já estão com stands de 200 metros quadrados e participam até de grandes feiras a nível de Brasil e de algumas internacionais; para ver o quanto uma Feira desenvolve essas empresas e profissionalmente os Empresários e funcionários.

Foto: GMG.
Lepeltier acredita que as feiras não são modismos, que elas vieram para o Brasil de uma cultura norte-americana para ficar.

Portal Net Babillons
Quais as Feiras que mais recebem visitas, as Setoriais ou as Multissetoriais?
Luiz Roberto Lepeltier
No começo nós vimos o desenvolvimento das Feiras Multissetoriais, a Feira Internacional de Informática, depois a Fenasoft e outras feiras se desenvolveram. Mas depois houve a necessidade da setorização que é onde você tem o público alvo focado, onde você consegue reunir uma quantidade de profissionais ligados aquela área em maior quantidade do que a Feira Multissetorial, então uma Feira Dirigida você consegue ter todos os visitantes focados em seu produto, a multissetorial é só uma parcela dos visitantes.

Portal Net Babillons
A Indústria do Turismo tem um Mercado maravilhoso para ser explorado no Brasil e em Santa Catarina, a Messe Brasil tem algum Projeto especifico?
Luiz Roberto Lepeltier
Salão Catarinense do Turismo, onde nesse projeto vê-se a possibilidade do desenvolvimento profissional do trabalhador do turismo aqui, desenvolvimento profissional do empresário, trazer os empresários de fora que queiram investir e empreender para este Estado e principalmente oportunizar a vinda de Agências de Viagem e Operadoras de Turismo. Isso é muito importante porque vai colocar o Estado de Santa Catarina num degrau muito mais alto do que qualquer Estado. Você poderá reunir esse conjunto de profissionais que vai crescendo e se desenvolvendo muito mais rápido, os outros Estados se desenvolvem a custa de muito dinheiro através de divulgação eletrônica de televisão ou de mídia gráfica. A Feira vai oportunizar muito mais negócios, porque nosso foco vai ser trazer o maior número de Agências de Turismo e Operadoras que nunca trabalharam com o Estado, para que eles venham conhecer a diversidade que Santa Catarina tem no Brasil, não tem Estado com tanta oportunidade de turismo quanto Santa Catarina. Poderemos trazer principalmente as Operadoras Internacionais que o Brasil deixou de trabalhar, as da América do Sul, em nosso País poderíamos ter 10 vezes o número de turistas vindo da Bolívia, Colômbia, Paraguai, do Chile e nunca se desenvolveu um trabalho para isso.

Portal Net Babillons
O Universitário costuma visitar Feiras ou a sua participação é ainda pequena ?
Luiz Roberto Lepeltier
Visita sim, ele tem o maior interesse, o que o impede mais é a distância que tem que percorrer para chegar a feira, porque às vezes são de outras cidades, é bastante complicado, mas nós estamos desenvolvendo um trabalho junto às Universidades para que elas façam caravanas para os universitários virem visitar as Feiras.

Portal Net Babillons
Deixe uma mensagem para o Universitário Brasileiro?
Luiz Roberto Lepeltier
Eu quero que você Universitário saiba que o empresário de amanhã será você, estude muito e procure ler muito para aprender de tudo o que as novas tecnologias estão apresentando, porque amanhã você vai criar as novas tecnologias, será importante para o seu mundo de trabalho. Visitar Feiras não é só um passeio, é também uma Escola que você pode ter, para se reciclar.

Portal Net Babillons
A Internet em sua vida trouxe beneficios?
Luiz Roberto Lepeltier
Ela multiplicou todos os benefícios, cada vez que hoje você aperta um botão em segundos você já multiplicou milhares de vezes a informação que você queria dar, você manda um email e ele chega na mesa que você quer. Você pode digitar um contrato, contatar empresas, pessoas, ela veio complementar a nossa vida e descarentificar o setor de comunicação. Em nosso setor de eventos foi a melhor coisa que poderia ter acontecido, porque hoje nem o regulamento da feira você imprime mais, só envia pela internet e preenche-se tudo que é necessário, encaminha-se e recebe-se em casa, na empresa o crachá da Feira. Você possibilita até, em determinadas Feiras, escolher os setores que você tem interesse em visitar, e nós, como organizadores encaminhamos as Empresas pertencentes a esse segmento para que ela entre em contato com o visitante e faça um convite simpático para para que venham à Feira. A Internet melhora muito o relacionamento entre Empresários e Profissionais.

Portal Net Babillons
Em sua opinião qual a Maior Feira do Brasil?
Luiz Roberto Lepeltier
A maior feira do Brasil é aquela que contempla todo o segmento proposto, se o segmento proposto permite 12 estandes ela vai contemplar aquele segmento plenamente. Em tamanho existem grandes feiras como o Salão do Automóvel, Agrishow, BrasilPlast, Mecânica, são feiras de dimensões muito grandes, mas o que vale é quando uma feira tem todas as possibilidades de integração com segmento que você está visitando.

Portal Net Babillons
Você como Empresário, com o corre corre dia-a-dia, como é sua gastronomia ?
Luiz Roberto Lepeltier
Primeiro como de tudo: verdes, vermelhos, brancos e tenho pelo menos um dia da semana que vou para a cozinha. Gosto da cozinha e para quem tem uma vida muito estressante, muito corrida, é relaxante ir para a cozinha e poder planejar um prato.

Portal Net Babillons
Fale um pouco sobre sua família ?
Luiz Roberto Lepeltier
Minha família hoje está totalmente formada, educada e todos trabalhando bastante e fiz tudo que eu queria ter feito para eles, consegui em conjunto com minha ex-esposa; me sinto muito feliz e realizado com minha família.

Portal Net Babillons
Algum dos seus filhos trabalha junto com você ou seguiram outros rumos profissionais ?
Luiz Roberto Lepeltier
Meu filho começou a trabalhar comigo agora há quatro meses, formou-se em Publicidade e já está assumindo o seu papel junto à Empresa. Minha filha é Professora de Inglês, formou-se nos Estados Unidos, é uma brilhante Profissional e Mãe.

 

 

 

São Francisco do Sul - SC, 16 de Junho de 2003.

 

 

 

 

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal.