Abertura
Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Fernando Camacho
Diretor Geral do Porto de São Francisco do Sul
Engenheiro Civil

Perfil

Fernando Camacho é um profissional especializado em Engenharia Estrutural de Grandes Projetos, tem previsto para o Porto de São Francisco do Sul grandes mudanças. A idéia é sanar a curto prazo alguns problemas estruturais e expandir o Porto de maneira prática e inteligente, usando o que há de melhor para aproveitar o espaço da costa litorânea da Baía Babitonga.
O Engenheiro Fernando Camacho é natural de Tubarão, no sul do Estado de Santa Catarina; traz em seu curricullum a experiência e o conhecimento de grandes projetos. Suas atividades profissionais nos últimos anos estiveram cediadas na cidade de Joinville.
A convite do Governador do Estado de Santa Catarina, Camacho assumiu a administração do Porto de São Francisco do Sul e tem nesta acão a certeza de que este é o maior desafio de sua carreira profissional.

Portal Net Babillons
Fernando Camacho você é natural de onde? Fale um pouco de sua trajetória profissional?
Camacho
Eu sou natural da Cidade de Tubarão aqui em Santa Catarina, me formei no Rio de Janeiro e profissionalmente estou atuando há 35 anos com Obras aqui em Santa Catarina, Goiás e no Mato Grosso, agora aqui com o desafio do Porto, a nossa especialidade é em Obras e Projetos de Infraestrutura e por essa razão nós estamos aqui para a colaborar com o Porto de São Francisco do Sul.

Portal Net Babillons
Camacho como é estar à frente do Porto de São Francisco do Sul, considerando a sua importância de melhor Porto Natural do Sul do Brasil?
Camacho
É um desafio muito grande, até porque é a minha primeira experiência na Área Pública. Os meus 35 anos de atividade foram dedicados à Iniciativa Privada, com Projetos ou Obras e efetivamente dada a grande importância de São Francisco do Sul, eu considero o maior desafio da minha Carreira Profissional.

Foto: GMG
O Engenheiro Fernando Camacho com o Publicitário Eros Damiam Pereira em entrevista exclusiva ao Portal Net Babillons.

Portal Net Babillons
No que diz respeito há mudanças no Porto, quais os Projetos que devem iniciar ainda este ano?
Camacho
Este ano nós estamos prevendo a recuperação e o reforço dos Berços 102 e 103, estamos prevendo também a demolição da Oficina que hoje existe e que o Porto, por não ser mais Operador, não necessita mais desta instalação, para que inclusive gere espaço para carga geral, para contêineres, e também o início do Centro Operacional do Porto de São Francisco do Sul que vai aproveitar instalações existentes nas proximidades da Avenida Engenheiro Leite Ribeiro, na entrada do Porto, ali nós vamos nos concentrar, vamos colocar todos os Órgãos e Setores que tratam especificamente das Operações do Porto de São Francisco do Sul. Estamos também com outras Ações no sentido de prover Áreas adicionais para Contêineres e Cargas Gerais, a remoção de Contêineres que estão ocupando há bastante tempo o Porto e outras Ações administrativas que de alguma forma irão gerar para o Porto de São Francisco do Sul algum ganho na situação tão complicada que existe hoje em termos de deficiência dos Berços 102 e 103, que é uma questão extremamente delicada, eu colocaria também como outra realização o Projeto do Berço 201 que é um Berço que tem fragilidades em termos de estrutura e nós estamos projetando para que ele receba o reforço tão esperado, eu colocaria ainda outra Ação que nós estamos deflagrando, a vinda da Polícia Federal para que haja a sua instalação no Porto, nós estamos em estreito contato com a Polícia Federal para que a gente possa contar com estes serviços tão valiosos. Estamos inclusive destinando para isso as instalações que antigamente eram ocupadas pela Receita Federal e vamos aportar veículos e também outras necessidades que a Polícia precise para que possamos contar com esse apoio aqui em São Francisco do Sul.

Portal Net Babillons
Camacho você tem uma trajetória de bons serviços prestados por onde tem passado, e quanto ao Porto de São Francisco do Sul, em sua opinião é possível se efetivar todas estas mudanças, em curto prazo?
Camacho
Nós temos aí uma série de Ações que estão programadas a curto prazo, ou Ações até emergenciais e Ações a médio e a longo prazo. Eu destacaria como Ação a longo prazo o Berço 401, que seria o Berço Graneleiro.

Portal Net Babillons
Estas Obras iniciarão este Ano ainda?
Camacho
Eu acredito que em termos de Editais o 401 e o Edital do 501, é possível que a gente consiga lançar, para tal, nós já encaminhamos requerimentos ao IBAMA e agora estamos nas providências para o lançamento dos Editais no sentido de desenvolver os Estudos Ambientais para viabilizar estas duas Ações e também falando em termos ambientais a obtenção da Licença de Operacão do Porto e a Licença de Instalação do Terminal Marítimo de Passageiros que fica fora da área do Porto, mas que irá se localizar onde funcionava, antigamente, o Porto aqui em São Francisco do Sul.

Portal Net Babillons
A questão de se tratar o Porto de São Francisco do Sul como se fosse uma Empresa e que precisa ser melhor anunciado, para melhor vender os seus serviços Nacionalmente e Internacionalmente, faz parte dos anseios desta Gestão?
Camacho
Sim, isso é fundamental, eu acho que a Divulgação e a Comunicação com as melhorias do Porto, bem como o potencial que tem para oferecer a Comunidade Catarinense, do Brasil e também do Exterior é extremamente importante e para tal, nós consideramos, inclusive, de fundamental importância a Divulgação do Portal Net Babillons, que vem fazendo para o Porto e queremos cada vez mais divulgar as Ações do Porto não só via Internet, mas também por outros Veículos de Comunicação que compõem a Mídia.

Portal Net Babillons
Você além de Engenheiro e Administrador se considera Político?
Camacho
Sim me considero um Político, a Política nossa é a Política da realização de Obras, a Política do interesse Público no sentido de que nós possamos dentro do Universo, aqui do Porto, traçar e conseguir alcançar uma Política de bons resultados para Santa Catarina, para o Brasil, enfim para toda a Comunidade.

Foto: GMG
Fernando Camacho fala de seu mais recente desafio profissional, a administração do Porto de São Francisco do Sul.

Portal Net Babillons
A Expansão do Porto São Francisco do Sul em seus Projetos tem limite em seu entorno dentro da Baía Babitonga?
Camacho
Nós hoje temos o limite definido pela Concessão que o Porto detêm, que é uma Concessão feita pela União e que se esgota em 2.011, então nós temos os limites definidos em termos físicos, mas já estamos tratando de renovar essa Concessão, que como disse, em termos físicos e em termos de divisão e influência do Porto nos interessa toda a abrangência da Baía da Babitonga, nós estamos inclusive numa colaboração que está sendo iniciada com o Gerenciamento Costeiro que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente está implantando e o Porto inclusive tem uma responsabilidade com relação à Costa, a qualidade das águas e a parte ambiental, ela transcende os limites físicos do Porto e é uma das grandes preocupações que nós temos.

Portal Net Babillons
Em sua opinião, o Porto poderia ter um Marco Histórico dos 500 Anos de Descoberta e História de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, sob forma de Homenagear a Cidade que foi descoberta por um Navegador Francês em 05 de Janeiro de 1504?
Camacho
Sim, nós estamos deflagrando duas Ações que de certa forma resgatarão a História do Porto de São Francisco do Sul, inclusive a produção de um Livro retratando a História do Porto. Nós entendemos que a História São Francisco do Sul como vocês mesmo disseram, se confunde com a História do Porto; são dois dos primeiros Eventos que nós estamos programando para comemorar os 50 Anos de Porto Organizado Constituído que será em Julho de 2005 e vamos pensar inclusive em outras Ações até no sentido de materializar, além da questão do Livro e o Resgate da História do Porto, nós estamos divulgando na Mídia e aproveito a oportunidade aqui do Portal Net Babillons, de colocar esta Ação que nós estamos fazendo junto a toda Comunidade, no sentido de que todos os Documentos, Escritos, Fotos ou qualquer outra referência, que possa ser trazida até o Porto, e então Porto irá estabelecer um Brinde as pessoas que colaborarem, então em decorrência disso, teremos um Resgate da História, já que nós não temos ou não conhecemos qualquer Ação que exista aqui e que traduza o Porto de São Francisco do Sul em termos de história e trajetória. Outro fato interessante que eu poderia destacar neste particular é que para a Construção do Berço 102 e 103 nós estamos deslocando dois Guindastes que são antigos, é de 1.968 um deles, em tentativas iniciais nós estamos desmontando e montando no Museu Nacional do Mar, aqui de São Francisco do Sul, eu acho que é um Marco que irá fazer referência a um período bem importante do Porto de São Francisco do Sul e o outro Guindaste nós estamos discutindo com a Prefeitura, no sentido de colocar na entrada da Cidade lembrando esta relação bastante íntima que existe entre a Cidade e o Porto.

Portal Net Babillons
E quanto a tão almejada duplicação da BR 280 que irá substabelecer um escoamento facilitado do Transporte Rodoviário conectivo ao Porto. Esse Projeto se tornará realidade quando, efetivamente?
Camacho
Com a visita do Ministro dos Transportes, aqui no Estado de Santa Catarina, em agosto, anunciando uma série de Ações, envolvendo as BR's 280, 282 e 470; também nós participamos da reunião na Cidade de Blumenau com a presença do Secretário Nacional e levamos a preocupação do Porto, uma vez de que não basta somente nós termos um Porto com condições operacionais, se nós não tivermos condições de acesso facilitado para trazer os Produtos, os Contêineres, os Granéis para o Porto. Então a BR 280 é fundamental neste particular, assim como também a questão da melhoria da Malha Ferroviária, hoje operacionalizada pela Concessionária ALL, então isso é extremamente importante e de fundamental interesse para o Porto. Agora isso é um assunto que a gente acredita que demore algum tempo, até porque o Estado inteiro além de se preocupar com a 280, 470 e 282, está atuando de forma bastante pesada, hoje politicamente, com relação a BR 101, no seu Trecho Sul, que também interessa ao Porto a sua duplicação, uma vez que facilitará o escoamento, sendo o principal corredor São Paulo x Buenos Aires, na qual a BR 101 Trecho Sul integra.

Portal Net Babillons
Sabe-se por estudos feitos anteriormente por especialistas que a Abertura do Canal do Linguado, um Istmo, que liga o Continente à Ilha de São Francisco do Sul se aberta com um formato de Ponte poderia beneficiar muito o Porto. Qual sua opinião?
Camacho
Com relação ao Porto especificamente, nós estudamos em 1985, inclusive participamos dos Estudos de Abertura do Canal do Linguado e na avaliação daquela época, hoje já são passados praticamente 20 anos, então é possível que alguma avaliação ambiental tenha mudado, mas na oportunidade o que se entendia da Abertura do Canal do Linguado é que provocaria uma série de benefícios, uma renovação das águas, uma integração das marés que entram pelas duas Baías e teríamos nesse contexto o Canal do Linguado, e até é importante falar na Reabertura deste Canal, porque se trata de um conjunto de Ações cujo ato final é a Reabertura do Canal em si fisicamente, mas nós teríamos aí agregados a esse Projeto a questão das Construções dos Molhes da Cidade de Barra do Sul, a questão da solução adequada para os esgotos sanitários da Cidade de Joinville, a questão da despoluição da Baía da Babitonga, da Lagoa de Saguaçú, então é um conjunto de Ações que precisam estar simultaneamente concluídas para que então se promova a Reabertura do Canal do Linguado, que no Projeto de 1985 ficava posicionado exatamente na Ilha João Dias que todos conhecem como a Ilha do Linguado, que separa a Ilha de São Francisco do Sul do Continente que então seria a base da Ponte. Nós tínhamos do Projeto de 85 um Canal que permitiria a passagem de Veleiros com Mastros de até 12 metros de altura,que permitiria inclusive a passagem de Veleiros com Calado de até 2,50 metros, mesmo na maré baixa, e teríamos então uma Ponte Rodo Ferroviária e a rocha proveniente da escavação para a Abertura do Canal em si seria utilizada para a confecção dos Molhes da Cidade de Barra do Sul, então seria uma Ação integrada; com relação ao Porto a melhoria poderia acontecer no que diz respeito a circulação mais intensa das águas, aumentando a drenagem. Hoje se tem conhecimento em decorrência ao que foi estudado em 1985 que a Maré que propaga pela entrada da Barra Norte se encontra com a Maré que propaga pela Barra Sul e se encontram mais ou menos na altura da Ilha do Mel e os estudiosos que participaram daquele Projeto comentam que independentemente do fechamento do Canal do Linguado, com o passar do tempo o encontro das duas Marés provocaria um assoreamento, que redundaria em um fechamento natural impedindo a circulação total, é um fato bastante interessante, foi comprovado através de estudos e nós estamos aguardando os estudos que estão sendo feitos pelo IMPE em conjunto com a Univille e a Univali para apreciar hoje, passado quase 20 anos, qual Avaliação que existe sobre essa questão que existe do complexo da Baía da Babitonga e a Reabertura Canal do Linguado.

Foto: GMG
Fernando Camacho é uma pessoa ponderada, positiva e especializada em Obras e Projetos de Infraestrutura.

Portal Net Babillons
O aumento das Exportações no Brasil é visível nos 2 últimos anos, a que se deve esse crescimento? A economia brasileira já saiu da estagnação?
Camacho
Nós inclusive apreciando as Notícias dos Jornais sobre as repercussões da Economia Brasileira, temos sinais bastante evidentes de que o País caminha num processo de recuperação com repercussão em todos os setores da Economia, com o aumento da geração de empregos, enfim numa série de repercussões. Nas Exportações é importante destacar que de certa forma elas penalizam o Estado de Santa Catarina, porque para incrementar as Exportações e o Brasil ter obter um superávit na sua Balança Comercial, foram criadas isenções com relação ao ICMS nas Exportações e o Governo Federal ficou de compensar o Estado com relação a esse recurso que deixa de entrar em decorrência do ICMS; a notícia que nós temos é de que se fosse apurado esse ICMS de todas as Exportações realizadas até o presente momento o Estado teria tido uma injeção de recursos na ordem de 1 Bilhão e meio de Reais e o repasse que o Governo Federal fez até o momento está limitado na faixa de 150a 200 Milhões de Reais, então o Estado indiretamente fica penalizado na falta de recursos que poderiam ser aplicados na infraestrutura de Rodovias, de Portos, mas de qualquer forma a penalização desse fato significou a expansão do Agro-negócio, principalmente as Indústrias aqui da Região Norte e Nordeste do Estado, estão com a sua capacidade produtiva quase que toda comprometida, então é um fato que nós temos que ponderar nessa análise onde se coloca a isenção do ICMS nas Exportações, o não retorno do ICMS para o Estado, mas também colocamos nesse confronto o retorno que as Exportações tem gerado para o Estado. Acredita-se que o Governo, no momento, sinta que o País tenha condições de caminhar, de consolidar posições que cada vez são mais fortes lá fora, eu acredito que ele reveja essa Política que adotou até para que os Estados e o próprio Governo Federal possa reinvestir aqui no Estado de Santa Catarina e nos demais Estados.

Portal Net Babillons
Camacho, você acredita analógicamente que o Porto de São Francisco do Sul poderá chegar a ser tão pujante quanto ao Porto de Santos-SP?
Camacho
Com certeza nós temos essa convicção, evidentemente considerando as devidas proporções entre Santos e São Francisco do Sul, mas nós temos a firme convicção que nós vamos chegar a um lugar de destaque no sistema Portuário Brasileiros com as melhorias que estão sendo previstas e com as outras intervenções que estão sendo programas aqui pela Região.
Nós não podemos esquecer que tem um Empreendimento que está programado para ocorrer frontalmente ao Porto de São Francisco do Sul, que é o Porto do Grupo Batistella, que se localiza na Cidade de Itapoá, que em conjunto com São Francisco do Sul vai dar uma condição excepcional para toda a Economia Catarinense e, talvez, até possibilitando que cada Porto parta para uma especialidade; não podemos também esquecer que existe uma outra Ação ainda um pouco mais incipiente mas de qualquer forma já deflagrada, que seria a criação de outro Terminal Marítimo, aqui em São Francisco do Sul, mais especificamente na Região de Laranjeiras. Sobre o Terminal em Laranjeiras nós temos notícias de discussões de Grupos Privados de São Paulo que tem interesse no Empreendimento, e com a demanda das Exportações pode-se ter um Terminal Marítimo Privativo com que o Porto possa até vir a colaborar, e seria um reforço na Economia aqui de São Francisco do Sul e do Estado por oferecer uma maior capacidade de Escoamento ou de Importação de Produtos.

Foto: GMG
O profissional Fernando Camacho é interado da realidade brasileira e fala de alguns dos problemas do Estado de Santa Catarina e do Brasil.

Portal Net Babillons
Quais os anseios do Governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira para com o Porto de São Francisco do Sul?
Camacho
Os anseios que o Governador tem manifestado é a sua preocupação que diz respeito a dar à São Francisco do Sul a condição que o Porto merece; ele tem convocado a Iniciativa Privada para Investimentos no Porto, tem programado Ações junto ao Governo Federal, tem efetivado Ações, eu diria então que o maior interesse do Governo do Estado é recompor uma situação que o Porto de São Francisco do Sul merece.

Portal Net Babillons
O Ministério dos Transportes tem participado das questões de Investimentos dos Projetos de Expansão do Porto?
Camacho
No presente momento nós não temos nada de concreto, embora tenhamos notícias de Recursos que estariam sendo previstos, mas numa visão do PPA de 2004 a 2207, a grande totalidade dos Recursos destinados à Área Portuária Brasileira foram canalizados para Santos, alguma coisa, na faixa de seus 40%, alguma outra porção para outros Portos, e dos Portos Catarinense o Porto de São Francisco do Sul foi agraciado com uma cotação no Orçamento de 9 Milhões de Reais, é pouco. Mas eu acredito que o Governo Federal sentindo que toda a questão do Superávit da Balança Comercial passa pelas Exportações e como nós, os demais Portos estão chegando no limite; é importante para que a gente possa crescer em termos de Economia, de Superávit da Balança Comercial, que haja intervenção em todos os Portos Brasileiros, para que a Economia continue a crescer e conseqüentemente os Portos possam oferecer essa condição de Exportação, porque sem isso nós ficamos estagnados nesse patamar. Os Portos estão procurando de todas formas possíveis, dentro das suas limitações, superar as dificuldades, mas irá chegar um momento em que nós vamos estar atingindo o limite máximo sem nenhum acréscimo, então eu acho que quanto a isso o Governo Federal já despertou, já está sentindo o gargalo, o funil que nós temos aí na questão das Exportações Brasileiras.

Portal Net Babillons
No que diz respeito ao desembarque de Navios Transatlânticos no Porto de São Francisco do Sul, como privilegia o Portal Naval Turístico no Projeto de Expansão?
Camacho
Nós já encaminhamos para o IBAMA, o requerimento solicitado da questão da licença, estamos agora para deflagrar o editais para a contratação dos estudos, para que em um prazo bastante curto a gente possa ter condições de obter o Licenciamento Ambiental e partir para a materialização do Terminal Marítimo de Passageiros em São Francisco do Sul, que será dentro do que nós conhecemos o grande Terminal especifico para Passageiros que o Estado de Santa Catarina irá ter, e conseqüentemente, gerar para a Economia aqui da Cidade e para a Economia do Nordeste do Estado uma condição extremamente interessante e a construção de um Terminal irá atrair os grandes Armadores que trabalham com Passageiros, porque vai oferecer a atracação de Transatlânticos de grande porte. Eu considero essa Ação do Terminal Marítimo de Passageiros de curto prazo, no sentido da sua implementação e não chegaria a um médio prazo a sua materialização, acredito que em um espaço de 1 Ano a partir da sua obtenção da Licença nós tenhamos toda essa intervenção concluída e colocada em operação o Terminal Marítimo de Passageiros.

Portal Net Babillons
Deixe um Conselho aos Universitários Brasileiros?
Camacho
O conselho que eu coloco aos Universitários Brasileiros também reflete em uma Ação que nós estamos tentando estabelecer junto com o setor de Educação, aqui do Estado. Nós temos um País, uma Cultura eminentemente rodoviária, porque toda a Política de Transporte no Brasil foi centrada em Rodovias, temos em decorrência disso uma grande falta de Profissionais nas áreas de Portos, Ferrovias e Aeroportos, mas principalmente Portos. Nós estamos colocando nas Universidades Catarinenses a estimulação para que sejam criados Cursos de Engenharia de Portos, inclusive Cursos de Nível Médio e Técnicos para Operadores Portuários, então a colocação que eu faço para os Universitários é que observem que um dos grandes setores de trabalho que se abre, ou melhor, já existe e está carente de Profissionais é no Setor Portuário, então fica aí um Conselho no sentido de um direcionamento. E o grande Conselho é que as grandes conquistas são os frutos dos grandes trabalhos, pois nada se consegue sem trabalho, sem passar por dificuldades e muita luta, então essa é a mensagem por minha experiência profissional e de vida que fica aqui registrada.

Foto: GMG
Fernando Camacho embora estando há pouco tempo à frente do Porto de São Francisco do Sul, conhece bem a realidade francisquense e acredita que o Portal Naval Turístico seja uma das alavancadas para o progresso da Cidade.

Portal Net Babillons
O Porto de São Francisco do Sul já está adequado às normas internacionais de segurança?
Camacho
Sim, o Porto de São Francisco do Sul cumpriu integralmente o que havia sido previsto pela Legislação em 1o. de Julho, foi uma condição base para que as exportações continuassem a ocorrer e dentro da concessão que foi dada aos Portos Brasileiros. Na segunda etapa de complementação, nós estamos concluíndo todas as intervenções, fazendo treinamentos de todo o quadro do Porto, no sentido de se ajustarem ao ISPS para que a gente conclua todo o programa dentro das exigências.

Portal Net Babillons
Camacho, em sua Gestão no Porto, o diferencial será atingir qual meta efetivamente ?
Camacho
Será dar condições a Economia Catarinense, do Sul do Brasil e até do Centro-Oeste porque nós Exportamos Soja por São Francisco do Sul que nos dá essa condição; dar motivação a todo o quadro funcional do Porto o qual eu me orgulho muito, passar inclusive essa mensagem de Otimismo a todos aqueles que colaboram conosco, alguns, às vezes, com muito sacrifício, então essa é a mensagem que a gente deixa aos nossos Colaboradores, Operadores e Armadores. Mas com relação a questão da Meta, é essa aí que nós vamos conseguir, certamente, a curto prazo resultados positivos e conseguir colocar o Porto naquele Lugar que ele merece de "Melhor Porto Natural do Sul do Brasil".

Portal Net Babillons
Deixe a sua impressão sobre o Portal Net Babillons?
Camacho
Eu considero o Net Babillons um Portal extremamente importante, até por seu foco na Área Portuária, divulgando não só as Notícias do Porto aqui de São Francisco do Sul, mas de todo o Brasil. Eu acho o Canal Navegação do Portal Net Babillons, um excelente Canal para divulgação das Notícias para a Comunidade que cada vez mais usa a Internet, ficando assim a par dos acontecimentos que gravitam em torno do Mundo Portuário, e também outras informações importantes como a questão do Clima, do Tempo que é outra informação que o Portal disponibiliza aos usuários. Então eu desejo que cada vez mais ele seja enriquecido com novas Ações e abra cada vez mais a questão da participação, e que o Net Babillons tenha a preocupação interativa de uma troca de relação bastante intensa entre aqueles que comandam, que dirigem o Portal com toda a Comunidade que utiliza a Internet. Desejo Sucesso, porque é um Portal extremamente importante aqui para o Porto de São Francisco do Sul e para toda a nossa Comunidade Portuária do Brasil.
Muito Obrigado pela oportunidade e estamos aqui sempre a disposição do Portal Net Babillons e inteiramente abertos a recebê-los a qualquer momento.

Foto: GMG
O Engenheiro Camacho diz ao Diretor do Portal Net Babillons, Eros Damiam Pereira, que após uma série de ações implementadas, o Porto de São Francisco do Sul irá superar o gargalo hoje existente e se tornar um dos principais Portos Brasileiros.

 

 

 

 

 

 

São Francisco do Sul - SC, 13 de Outubro de 2004.

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal.