Abertura
Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.

Perfil

Dudu Nobre um músico autodidata, veio de Família de Pais Pagodeiros e desde criança em contato com as Rodas de Samba e o Carnaval Carioca. O menino já começava a se expressar aprendendo a tocar cavaquinho e piano, sempre muito incentivado pelos familiares.
Músico, Compositor, Cantor e Comentarista do Carnaval na Rede Globo, Dudu tem em seus projetos o desejo de começar a escrever um Livro.

O convívio intenso com grandes celebridades do Samba rendeu a Dudu Nobre o reconhecimento do seu trabalho como Compositor e a gravação de muitas músicas suas por nomes consagrados e de destaque dentro do cenário nacional.
Energia, Samba no Pé, Harmonia e muita Garra é o que Dudu Nobre e sua Banda mostram no palco fazendo o público vibrar, a todo instante, durante os Shows.

Entrevista


Foto: GMG
A Apresentadora do Portal NetBabillons, Ghianny Lopes Pereira entrevistou o Cantor Dudu Nobre, um músico autodidata que vem sempre se aperfeiçoando e em cada Disco gravado, traz novidades ao público.

Dudu Nobre
Tudo bem? Obrigada pelo carinho, é um prazer estar aqui, hoje, vamos fazer um show com a rapaziada aqui em São Francisco do Sul, e vamos com tudo!

Portal NetBabillons
Dudu Nobre sabe-se que desde pequeno você demonstrava um enorme interesse pela música, mas quando foi oficialmente o início da sua carreira?
Dudu Nobre
Olha, oficialmente eu comecei com a música profissionalmente, que eu comecei a viver de música foi com 10 anos de idade com um Projeto Social que cada Escola de Samba no Rio de Janeiro tinha, a Escola de Samba Mirim e ali se deu o pontapé inicial mesmo da minha carreira, onde eu comecei a viver de música, mas o contato com a música foi desde garoto, comecei a tocar cavaquinho muito cedo, com 5 anos eu já tocava, era um autodidata, depois com 6 anos comecei no piano clássico e aí a coisa foi fluindo.

Portal NetBabillons
O fato de vir de uma família ligada à música, foi de grande incentivo para cantar, tocar e compor?
Dudu Nobre
Ajudou bastante até porque a condição que o meu pai sempre me deu para eu poder estudar e o incentivo que a minha mãe me dava. Eles foram essenciais para dar continuidade aos estudos da música e poxa, é muito legal a gente poder ver que através dos estudos podemos alcançar nossos objetivos!

Portal NetBabillons
Sabemos que você foi Puxador de Escola de Samba Mirim quando novo, mas gostaria de ser convidado para ser Puxador do Samba Enredo de uma Escola do Grupo Especial?
Dudu Nobre
Eu já fui convidado na verdade, mas não quis dar prosseguimento porque a minha carreira já ficou muito ligada ao que se chama de “Samba de Meio de Ano” e também tem o fato de eu ser Comentarista no Carnaval há 9 anos, então fica meio complicado eu abandonar esse lado para começar com uma outra carreira. Eu acho que tem muita gente nova que está precisando dessa oportunidade, muito mais do que eu, não seria por uma vaidade minha que de repente diria: “Eu vou encarar essa por uma vaidade”, não vejo muito dessa maneira.

Portal NetBabillons
Zeca Pagodinho pode ser considerado seu padrinho?
Dudu Nobre
Na verdade dentro do Samba tem muito essa tradição, aí as pessoas, às vezes, levam isso por outro lado, as pessoas acham por exemplo que o Zeca me pegou pelo braço me levou na Gravadora e disse: “Grava aí um CD dele”, mas não é assim, na verdade a gente vai fazendo uma história, construindo uma trajetória e coincidiu de eu ter a minha trajetória de músico muito ligada ao ressurgimento do Zeca Pagodinho, como Cantor, que se deu nos meados da década de 90, muitas músicas que escrevi para ele e devido a eu acompanhar ele, mas acho no final das contas, devo esse reconhecimento além do Zeca ao Almir Guineto, ao Martinho da Vila, a Beth Carvalho, Fundo de Quintal, Leci Brandão e Grupo Raça que foram pessoas que gravaram músicas minhas e através dessas músicas é que acabou como costumo dizer que o meu trabalho: eu sou o Músico que puxou o Compositor e o Compositor acabou puxando o Cantor.

Foto: GMG
Mesmo antes de se lançar como Cantor, Dudu Nobre já tinha o reconhecimento do seu trabalho como Compositor dentro do Samba, tendo músicas gravadas por grandes nomes entre eles Zeca Pagodinho e Martinho da Vila.

Portal NetBabillons
Na verdade pode ser considerado que isso tudo foi um ciclo que acabou dando certo?
Dudu Nobre
Foi um ciclo que eu não planejei que fosse dessa forma, mas acabou sendo e Graças a Deus tem dado certo, agora esse ano a gente está comemorando 10 anos de carreira e lógico que o Zeca teve sua importância pelo fato de eu tê-lo acompanhado e dele ter me gravado bastante músicas, mas essa coisa de ser padrinho é um pouco diferente do que de repente as pessoas pensem. Às vezes tem pessoas que vem me abordar dizendo, faz o mesmo que o Zeca fez. Opa! mas não é bem assim, então você me dá 10 músicas de sucesso, toca 7 anos comigo, constrói a sua trajetória que aí se eventualmente calhar de o meu trabalho como Cantor puxar o trabalho como Compositor, aí com certeza eu vou ver esse daí é um menino que tem um futuro.










Foto: GMG
Dudu Nobre já comemora os seus 10 anos de Carreira Artística e continua a Turnê divulgando o DVD "Roda de Samba ao Vivo" por todo o Brasil. Para o segundo semestre fará Shows Comemorativos aos 10 anos na Capital Paulista e no Rio de Janeiro.

Portal NetBabillons
Quanto ao seu último DVD “Roda de Samba ao Vivo” você regravou e relembrou diversos sambas consagrados, além de contar com convidados especiais, como foi essa produção?
Dudu Nobre
Na verdade era um Projeto que eu já tinha há um bom tempo de fazer uma Roda de Samba, com uma instrumentação diferente e com músicos que eu gosto de cantar. quando vou ao samba me divertir e Graças a Deus foi um trabalho muito agradável de fazer, foi muito legal. Tivemos a participação de Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Almir Guineto, Ney Lopes e a Roberta Sá e foi assim um momento mágico, um momento fantástico na trajetória da nossa Carreira e Graças a Deus foi um sucesso de crítica e gente ficou muito feliz pelo resultado. A produção ficou a cargo do Maestro Rildo Hora que é o Produtor de todos os meus Discos e sempre me acompanha nesse tipo e trabalho, e foi muito prazeroso todo o processo.

Portal NetBabillons
Cite três Artistas da Música Popular Brasileira que são dignos de uma Homenagem sua?
Dudu Nobre
Eu tive oportunidade de Homenagear em 7 Discos todas as pessoas que me inspiraram. O Candeia, o Martinho da Vila e não diria mais um, mas sim um trio chamado Santíssima Trindade, que foi o trio justamente que formatou o Samba da maneira que hoje é o conhecido Partido Alto: Donga, João da Baiana e Pixinguinha. Eu tive oportunidade de gravar todos eles, tem também o Beto Sem Braço que teve uma importância muito grande na minha vida que foi um grande Compositor de Samba que teve muitas músicas gravadas pelo Zeca Pagodinho e eu também tive o prazer de gravar muitas músicas dele. Então essas são pessoas pelas quais eu tenho o maior respeito, Almir Guineto também, que é um gênio dentro da música eu tenho maior carinho por ele, é aquela história é muita gente para poder focar só em três pessoas. No samba temos muita gente boa, que está mostrando o seu valor e muita gente ainda vai chegar para mostrar o seu talento.

Foto: GMG
Quando perguntado pela Apresentadora Ghianny a respeito da Família, o Cantor Dudu Nobre se resguarda ao responder, mas diz que das duas filhas pelos menos uma delas poderá seguir o ramo artístico, que despertam pendores.

Portal NetBabillons
Como Dudu Nobre e Adriana Bombom lidam com o sucesso e o assédio dos fãs?
Dudu Nobre
Super tranquilo, a Adriana tem o trabalho dela, eu tenho o meu trabalho e a gente vai respeitando o trabalho um do outro e vai seguindo a vida.

Portal NetBabillons
As filhas já despertam pendores artísticos?
Dudu Nobre
Ah! elas estão naquela coisa do encanto pelo pai e pela mãe estarem na Televisão e serem Artistas e essa coisa toda. Lógico, a gente vai vendo e dando apoio mas não ficamos forçando a barra, se elas quiserem seguir, vão seguir. Mas, eu acho que uma das duas vai acabar indo por esse lado mesmo, porque tem uma que é muito ligada a dança, a Olívia, a Thalita já é mais ligada a esse negócio de cantar.

Portal NetBabillons
Quais seus projetos para esse segundo semestre de 2009?
Dudu Nobre
Olha, o segundo semestre a gente vai fazer um Show no Rio de Janeiro e em São Paulo de comemoração dos 10 anos de Carreira e dar continuidade a todo esse processo de divulgação do CD e DVD continuando a Turnê.
Tem o Projeto de um Livro que eu só preciso ter tempo para parar e escrever e começar já a fazer as músicas para poder lançar novo CD no início de 2010.

Portal NetBabillons
Qual a importância da Internet na sua Carreira?
Dudu Nobre
A Internet é importante para a música de uma maneira geral, no samba não rola tanto, eu vou ser bem sincero com você, no samba a gente não tem tanta penetração da Internet, até quando o pessoal fala da Pirataria, nós sofremos muito com a Pirataria do CD, mesmo produto físico não da Pirataria virtual tanto que quando você tentar baixar não encontra tanta coisa, é difícil você encontrar toda a Discografia de um Artista. Mas, a Internet é uma ferramenta super importante de uma maneira geral e não somente para música, mas para o mundo moderno, e poxa tem toda aquela agilidade de você estar conectado, trabalhando essa coisa toda, a internet é muito bacana.

Dudu Nobre
Considerações Finais
Muito obrigado pelo carinho, pelo espaço, pela oportunidade de estar contando um pouquinho da minha história e vamos com tudo agora para o Show!

Site Oficial de Dudu Nobre:
www.dudunobre.com.br

VEJA MAIS...

Portal NetBabillons, 18 de Abril de 2009.

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal.
Dudu Nobre
Cantor e Compositor