Abertura
Conheça a GMG.
Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Índice do Canal.
Homenageada
Cecília Kerche
Primeira Bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro

Perfil

Cecília Kerche é um dos nomes mais importantes das últimas décadas do ballet clássico de toda a América Latina, nascida na cidade de Lins-SP, em 14.10.1960. Cecília é filha de educadores, tem 02 irmãos e reside no Rio de Janeiro.
Esta brasileira iniciou no ballet com Vera Mayer, Halina Biernacka e Pedro Kraszczuk, que é maestro e seu marido.
Em 1982 já integrada no Ballet do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, consagrou-se como Bailarina Principal, em 1985, atuou em todas as produções desta Companhia.
Tem se apresentado em diversas Galas coreográficas importantes por todo o Brasil e em outros países; faz sucesso por onde passa.
Cecília Kerche é uma bailarina energéticamente clássica, seus movimentos são impecáveis, sua desenvoltura e presença de palco já é um espetáculo. Entre suas virtudes, Cecília é carismática e por onde passa deixa amigos e fãs. O que se pode presenciar no ballet nacional e internacional é a mesma coisa, esta bailarina sempre é apontada como um exemplo de êxito.

Entrevista

Portal NetBabillons
Quando você principiou na dança e decidiu ser bailarina ?
Cecília Kerche
Com 8 anos de idade na cidade de Osasco-SP, até 14 anos estudei em escola municipal que possuía parcos recursos: chovia dentro, o piso era de taco, o espelho enferrujado, o disco da vitrola pulava.
Aos 14 anos recebi uma bolsa de estudos e fui morar e estudar em São Paulo, aí o amor pela dança redobrou.
Aos 15 anos decidi que com 25, seria a primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e de fato, com 25 fui promovida a categoria de primeira bailarina.
Integrei a companhia em 1982 e em 3 anos passei de coriféia a primeira bailarina.

Portal NetBabillons
Sua família incentivou-a na carreira?
Cecília Kerche
Sempre; meus pais eram educadores e extremamente amorosos com os filhos, me apoiaram e também minha irmã Grace que é campeã mundial de aeróbica e meu irmão, que é um dos bailarinos principais de uma das companhias oficiais do país, a de Niterói.
Sempre tivemos o apoio moral da família e com um amor incondicional, embora sem recursos financeiros.

Portal NetBabillons
Um sonho seu ainda não realizado.
Cecília Kerche
Não tenho nenhum sonho irrealizado. Tenho sim um objetivo, fazer a Fundação Cecília Kerche para Dança.

Portal NetBabillons
Qual o momento de maior emoção de sua vida?
Cecília Kerche
Falarei de minha carreira, porque ainda não tive a emoção de ser mãe, que acho ser a maior emoção da mulher. O fato ocorreu quando dancei em Joinville-SC, no Ginásio Abel Schultz, o público gritou por 15 minutos meu nome para que voltasse a cena e eu não sabia porque já estava no subsolo, foram então me buscar e eu só dei conta do fato quando cheguei a coxia.

Portal NetBabillons
Cite o nome de 3 pessoas brilhantes na sua área, em sua opinião.
Cecília Kerche
Natália Makarova, Sylvie Guillem e Wladmir Wassiliev.

Portal NetBabillons
Se você tivesse que citar o nome de uma pessoa especial homenageando-a, quem seria? Por quê?
Cecília Kerche
Meu marido Pedro, ele é tudo para mim. Ele é 25 horas Cecília Kerche. Ele destinou sua vida a me ajudar a ser uma grande bailarina.

Portal Net Babillons
Deixe uma mensagem aos jovens que pensam em se dedicar a dança.
Cecília Kerche
Se você vai fazer dança só por hobby, por passatempo, sem querer se profissionalizar é uma dedicação bonita.
Mas se você quer se tornar um profissional tem que se dedicar como vida, ter bons professores, conseguir o apoio da família e acima de tudo ser obstinado a ser um bom profissional, porque é um campo pequeno e muito duro e nós precisamos de gente com garra, dignidade, honestidade e principalmente que a nossa profissão seja reconhecida e dignamente remunerada.

Foto: GMG
Cecília Kerche, o nome desta maravilhosa Bailarina fulgura internacionalmente no Ballet do Planeta Terra.

Portal NetBabillons
Se você não fosse bailarina, o que seria ?
Cecília Kerche
Eu digo sempre que se não fosse bailarina, talvez fosse atriz porque gosto de mexer com a emoção do público. Mas sem dúvida eu seria bailarina, bailarina, bailarina sempre!

Portal NetBabillons
O que você espera de reformas positivas para o mundo neste século XXI ?
Cecília Kerche
O cuidado com o social, acho que não é só dever mais obrigação do governo cuidar do social, porque nós da sociedade, estamos fazendo a nossa parte.
Eu tenho uma pontinha de mágoa, porque vivo num país de dimensões continentais me propus a fazer carreira no Brasil, estudei aqui, saí daqui para o mundo e vejo que um país tão rico em natureza, minerais, parques industriais, não trata o seu povo, como um povo que luta, que deve viver dignamente dentro de condições humanas, pelo menos humanas.

Portal NetBabillons
Como é ser a Primeira Bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro ?
Cecília Kerche
Era um objetivo que tinha desde adolescente e realizei, me vejo em posição de responsabilidade de preservar a tradição do ballet clássico.
Tenho 20 anos de carreira e fico contente de estar contribuindo para as próximas gerações passarem a outras gerações a tradição do ballet clássico e cultura.

Portal NetBabillons
Se você pudesse decretar uma lei em prol da dança ou cultura, que lei seria esta?
Cecília Kerche
Já existem leis de incentivo à cultura; só tem que ser levadas a sério e se investir mais nos artistas nacionais.
Na minha área ballet nós exportamos nossos bailarinos, nossos lindos bailarinos: rapazes e moças que vão abrilhantar companhias no exterior, nós publico, vocês contribuintes estão perdendo de se orgulhar de nossos artistas, que vão abrilhantar outras companhias em vez de engrandecer as nossas.

Portal NetBabillons
Qual é o melhor país do mundo para a dança?
Cecília Kerche
O melhor país é aquele que investe no social, usando a dança como indústria do entretenimento.
Eu não sei dizer o nome de um melhor país, já dancei na Inglaterra, França, Espanha, Rússia e Argentina. É onde tem lugar e emprego para o bailarino e o público vai todas os dias e lota o teatro. Na Europa tem espetáculos de ballet, de ópera, de concertos, musicais, drama, teatro todos os dias. É onde o artista tem emprego e condições de trabalhar.

Portal NetBabillons
O que você acha do Festival de Dança de Joinville?
Cecília Kerche
Eu adoro estar aqui no Festival de Dança, adoro o ti-ti-ti, o barulho, todo este Festival. Quando volto para casa sinto falta da adrenalina que este festival causa. Acho fantástico!

Portal NetBabillons
Como foi a noite de estréia do 19º Festival de Dança de Joinville?
Cecília Kerche
Foi sublime, perfeita. Não consigo externar em palavras, quando me dei conta estava na coxia, recebendo flores.
Dancei com meu espírito e dançar com Marcelo Gomes como já declarei para imprensa é dançar com minha alma gêmea do ballet, a gente se dá muito bem e consegui me realizar, dançando nos braços dele.

VEJA MAIS...


Portal NetBabillons, Julho de 2001.

Página inicialVolta ao índice.