Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Governador Inaugura Monumento que Homenageia Escritores

O governador Aécio Neves inaugurou, nesta terça-feira (11), o monumento “Encontro Marcado”, projeto criado pelo Governo do Estado e realizado em parceria com a Minerações Brasileiras Reunidas (MBR), para homenagear os escritores mineiros Otto Lara Resende, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Hélio Pellegrino. O conjunto formado por quatro esculturas em tamanho original (foto) foi instalado esta manhã no complexo arquitetônico da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, e já é considerado marco do novo Circuito Cultural Praça da Liberdade, lançado pelo governador Aécio Neves.
Acompanhado de familiares dos quatro homenageados e de autoridades, Aécio Neves apresentou as esculturas e destacou a importância do monumento para a capital mineira. Em seu pronunciamento, ele afirmou que a homenagem aos escritores servirá de exemplo para as próximas gerações pelo sentimento de amizade e solidariedade que marcou a vida dos “Quatro Cavaleiros do Apocalipse”, como ficaram conhecidos na década de 40.
“Esta é uma homenagem muito singular. Minas tem grandes talentos em todos os campos que poderiam ser homenageados também, mas eu acho que essa é uma homenagem a todos, pela singularidade da ação, da caminhada, da vida e da história desses quatro cavaleiros. Eles passaram, sobretudo para a minha geração e para outras, um sentimento muito forte de unidade, solidariedade e de amizade na dimensão maior da palavra” , afirmou o governador.
Espaço do saber
Aécio Neves ressaltou que o local escolhido para instalar o monumento, criado pelo artista plástico Leo Santana, não foi por acaso. As quatro esculturas foram instaladas na Praça Carlos Drummond de Andrade - entre a Secretaria da Fazenda e o Centro de Referência do Professor - e nos fundos do anexo da Biblioteca Pública Luis de Bessa, espaços utilizados por estudantes, professores e intelectuais.
“Muitos vão se lembrar o que eles representaram. Mas as novas gerações, que talvez não tenham tido a oportunidade de ler Fernando Sabino, vão ter no mínimo a curiosidade de saber quem são os quatro homenageados. Muitos vão sair daqui e procurar no acervo da biblioteca as obras dos quatro mineiros e vão se qualificar mais para o futuro, porque vão conhecer melhor a nossa história e os nossos melhores valores”, disse.
Circuito Cultural
Em entrevista, o governador afirmou que a Praça da Liberdade está mais valorizada com a presença dos “quatro cavaleiros”. O governador destacou que o monumento integrará o Circuito Cultural da Praça da Liberdade que está sendo implantado nos prédios públicos do entorno da praça para abrigar diferentes atividades artísticas abertas à população.
“A Praça da Liberdade está deixando de ser a praça do poder, austero, com todas as limitações ao acesso dos populares, para se transformar na praça do povo. E se a população compreender a importância do que nós estamos fazendo, ela será a maior interessada. É uma bela homenagem, não que o governo faz, mas que Minas Gerais faz à sua história e aos seus melhores valores. E eu espero realmente que a população não só conserve, mas tome conta dessas estátuas e de todo o acervo da praça”, completou.
Esculturas
Para receber o monumento, a Praça Carlos Drummond de Andrade recebeu projeto de iluminação especial elaborado pela Cemig. A obra foi patrocinada pela MBR custou R$ 350 mil. O monumento é formado por quatro estátuas de bronze em tamanho natural, celebrando a amizade dos escritores que marcaram a história e a literatura de Minas Gerais. O artista plástico Leo Santana é o mesmo que criou esculturas que já se tornaram atração turística no Rio de Janeiro como “Drummond no Calçadão”, na praia de Copacabana, e o “Monumental Ary”, em homenagem a Ary Barroso.
Em Belo Horizonte, Léo Santana criou a “Praça da Poesia”, monumento que reúne os escritores Carlos Drummond de Andrade e de Pedro Nava. Outro escritor mineiro eternizado na obra de Leo Santana é Roberto Drummond com o monumento “Cronista da Cidade”, instalado na Praça da Savassi, em Belo Horizonte.
O mais recente trabalho do artista destacou os “cavaleiros da democracia”, no “Monumento 20 anos de Diretas Já”, reunindo Tancredo Neves, Ulisses Guimarães e Teotônio Vilela, na Praça da Assembléia. (Wellington Pedro)
Fonte: Governo do Estado de Minas Gerais
11/10/2005




Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal