Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Governador de MG abre Maior Feira de Artesanato da América Latina

O Governador Aécio Neves participou nesta terça-feira (21) da abertura da XVII Feira Nacional de Artesanato – “O Brasil feito à mão” -, no Expominas, em Belo Horizonte. Essa é a maior feira de artesanato da América Latina e vai até o próximo dia 26. Durante a visita, Aécio Neves destacou a importância de o Estado sediar mais um evento de grandeza nacional, consolidando a capital mineira como importante centro de turismo de negócios.
“O artesanato emprega muito no país, gera renda, portanto, a sua profissionalização e a possibilidade de uma articulação como essa dão a esse evento uma dimensão extremamente importante, inclusive para a economia do Estado”, afirmou o governador, em entrevista.
A Feira Nacional de Artesanato é promovida pelo Instituto Centro Cape e pela Central Mãos de Minas. O evento reúne oito mil expositores do Brasil, América Latina e África. Mais de 200 mil visitantes são esperados nos seis dias de feira. A expectativa é de que os negócios girem em torno de R$ 30 milhões e atraiam 15 mil turistas a Belo Horizonte.
No ano passado, a feira foi visitada por 135 mil pessoas, sendo oito mil lojistas e 82 compradores internacionais. Em seis dias de evento, a feira movimentou R$ 26 milhões em vendas.
“Podemos considerar essa a maior feira de artesanato da América Latina e é um privilégio para Minas Gerais ter essa oportunidade. Temos que agradecer os nossos parceiros, a partir do Mãos de Minas, que estão fazendo de Minas a sede de manifestações artísticas não só do país, mas do continente. Temos aqui, também, expositores da África e de outros locais que estão tendo a oportunidade de mostrar a riqueza do artesanato de outras partes do mundo”, destacou o Governador.
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o artesanato é um dos setores que mais geram renda no país. O Brasil tem 8,5 milhões de artesãos, sendo 500 mil em Minas. O faturamento anual ultrapassa os R$ 30 bilhões. No Estado, o artesanato movimenta em torno de R$ 3 bilhões.
Governo do Estado
Durante a visita, o governador percorreu o estande do Governo do Estado e o espaço especialmente dedicado ao artesanato do Vale do Jequitinhonha. Aécio Neves ainda cumprimentou os expositores (foto) e recebeu presentes, como as réplicas do Solar dos Neves, em São João del-Rei, e da igreja de São Francisco, da Pampulha, feita em vidro.
O Governo do Estado também está presente na Feira Nacional de Artesanato, com serviços de emissão de documentos fiscais e informações detalhadas sobre o potencial de produção dos expositores, por meio da Secretaria da Fazenda, e estande da Secretaria de Turismo, com produtos artesanais do Estado e mostra dos circuitos turísticos mineiros.
Fonte: Governo do Estado de Minas Gerais.
21/11/2006

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal