Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Mostra em Curitiba expõe o melhor do Design Alemão da Escola de Ulm

Uma exposição sobre uma das mais importantes escolas contemporâneas de design mostra que muitas das tendências atuais seguem conceitos projetados há mais de 50 anos. As inovações da Escola Superior de Design de Ulm (HfG), que funcionou na Alemanha entre 1953 e 1968 como instituição internacional de ensino, desenvolvimento e pesquisa do desenho industrial, são o tema da mostra Modelos de Ulm – Modelos pós-Ulm, que permanece até 29 de abril na Casa Andrade Muricy, em Curitiba (rua Doutor Muricy, 915). A exposição reúne, pela primeira vez na América Latina, 38 obras, entre maquetes, produtos, projetos, grandes fotografias, painéis-texto e vídeos com filmes e entrevistas de ex-professores e alunos da Escola Superior de Design de Ulm. “A escola de Ulm acabou há muito tempo, mas o que foi criado ali repercute até hoje”, afirma Lenora Pedrosa, diretora da Casa Andrade Muricy. “O design faz parte de nossa vida”, observa Lenora. A mostra é um prato cheio para os estudiosos e profissionais de design. Estudos de modelos de rádios e experimentos com as formas geométricas e cores mostram que os professores e estudantes da HfG estavam à frente de seu tempo. Os contornos e a praticidade dos objetos permaneceram e são exemplo para novas criações. Entre as vitrines com modelos de transformações trazidas pela escola, destaca-se o “Autonova fam”, um carro ágil, com espaço para quatro pessoas, com piso e pára-choques de fibra de vidro. Idealizado em 1965, o modelo assemelha-se muito aos automóveis atuais. Outro destaque é o “Ataúd de Blancanieves”: rádio e toca-discos planejado em 1956, considerado a revolução nos equipamentos do gênero. Histórico - Ofertando inicialmente formação nas áreas de design de produto, comunicação visual, arquitetura e informação, a HfG iniciou um trabalho em conjunto com a indústria a partir do fim dos anos 50. Intensificando-se gradativamente, o foco no design de produto acabou por caracterizar a escola e influenciar o que a indústria atual produz. Inaugurada em 1953, a Escola Superior de Design de Ulm operou até 1968, quando foi fechada, por motivos políticos e econômicos, pelo governo do estado de Baden-Württemberg. A instituição teve, em toda sua existência, 44% dos alunos estrangeiros, totalizando 278 estudantes de diversos países, incluindo do Brasil, com 10 estudantes. Patrocinada pela Masisa do Brasil e promovida pelo Instituto de Relações com o Exterior de Stuttgart, em parceria com o Instituto Goethe de Curitiba e a Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, a mostra permanece aberta ao público até o final de abril. Depois segue para Porto Alegre e em seguida para outras cidades da América Latina. Serviço: Casa Andrade Muricy Modelos de Ulm – Modelos pós-Ulm Al. Doutor Muricy, 915. De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. A exposição permanece aberta até 29 de abril, com entrada franca.
Fonte: Governo do Estado do Paraná.
21/03/2007

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal