Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Brasileirinho - Grandes Encontros do Choro

Documentário de longa metragem tem apoio das Leis Federais de Incentivo à Cultura Divulgação Cavaco, bandolim e violão. Flauta e clarinete. Pandeiro e ganzá. Todos os instrumentos prontos e em harmonia para começar mais uma seresta ao som do Choro, gênero musical tipicamente brasileiro. Peculiaridades do popular Chorinho, sua história e adeptos estão presentes no longa-metragem Brasileirinho - Grandes Encontros do Choro, do finlandês Mika Kaurismäki, que no próximo dia 24 estará no circuito comercial do país, em salas de cinema do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Curitiba e Porto Alegre. Juntamente à estréia do filme - que conta com o apoio do Ministério da Cultura, por meio das Leis Rouanet e do Audiovisual - será lançado o CD da trilha sonora, pela gravadora Rob Digital, com um show no dia 29 de agosto, na Casa Canecão Petrobras (Av. Venceslau Brás, nº 215), no Rio de Janeiro. Choro, Chorinho e Chorões O documentário conta a história do Trio Madeira Brasil – composto por Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker e Rolando do Bandolim -, que em uma tradicional Roda de Choro apresenta a outros músicos um projeto de show e os convida para participar. A partir daí, faz um passeio pela história do Choro, sua origem, primeiros adeptos e o momento atual. A narração é de Thalma de Freitas. O título é uma homenagem a uma das mais conhecidas músicas do gênero: o Brasileirinho, de Waldir Azevedo. Dentre os chorões (músicos, compositores ou instrumentistas do Choro) que fazem parte do elenco estão Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker e Rolando do Bandolim, do Trio Madeira Brasil, Yamandu Costa, Paulo Moura, Marcos Suzano e Zé da Velha. Também participam Pedro Miranda, Elza Soares, Guinga, Teresa Cristina e Grupo Sementes, Família Ronaldo do Bandolim, Meninos do Cordeiro e muitos outros convidados. Circuito Internacional Brasileirinho - Grandes Encontros do Choro, que foi lançado no Festival de Berlim de 2005, no Fórum Internacional do Novo Cinema, já participou de dezenas de eventos importantes e foi exibido em 30 países. Premiado com o Grand Prix, no Festival del Cine Iberamericano de Wroclaw 2005, recebeu Menções Honrosas em outros festivais. O filme vem sendo exibido comercialmente fora do Brasil. A estréia internacional foi em Paris, em agosto de 2005, e logo depois nas principais praças da França e Suíça. Informações: www.brasileirinhofilme.com.br.
Fonte:Comunicação Social/MinC (Maíra Guedes)
09/08/2007

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal