Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Terça com Arte traz duo de flauta e piano no Museu Oscar Niemeyer

O duo Aldo Barbieri e Antonio Eduardo Santos tem em comum a atividade acadêmica e musical voltadas para a pesquisa e a divulgação da música brasileira. Assim, o programa, além de lembrar os 120 anos do nascimento de Villa Lobos, presta também homenagem a Camargo Guarnieri, Patápio Silva e aos compositores de nosso tempo como Gilberto Mendes e Harry Crowl, cuja peça “Como um vôo de pássaro” terá sua estréia mundial no concerto. A apresentação do duo acontece na próxima terça-feira (11), às 19h, no auditório do Museu Oscar Niemeyer, com entrada franca.
O flautista Aldo Barbieri é regente, musicólogo e semioticista. É bastante intensa sua atividade como solista e regente. Durante a carreira já atuou sob a direção de Eleazar de Carvalho, Igor Sarmientos, Giovanni Momo, Ricardo Tacuchian, Benito Juarez e Camargo Guarnieri. No trabalho desenvolvido junto às orquestras estão a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), Orquestra de Concertos de São Paulo (OCSP), Orquestra Sinfônica de Campinas (OSMC), Banda Sinfônica do Estado de São Paulo (BSESP), New World Young Orchestra (Brasil), Orquestra Sinfônica de Burgas (Bulgária) e Orchestra Regionale della Puglia (Itália).
Barbieri é ainda mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e membro da Rede Interdisciplinar de Semiótica da Música (RISM) da PUC-SP, com participação regular em congressos e encontros acadêmicos nacionais e internacionais. Já o pianista Antonio Eduardo desenvolve com muita seriedade um trabalho de divulgação da música de nosso tempo.
O músico é Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, com a tese “Os Des-Caminhos do Festival Música Nova”, com Bolsa Fapesp, e é autor de “O Antropofagismo na obra pianística de Gilberto Mendes” (AnnaBlume/Fapesp), além de possuir diversos artigos para periódicos, sobre música contemporânea.
Antonio Eduardo tem participado com freqüência de recitais e conferências de Brasil, França, Bélgica, Dinamarca, Chile, Cuba, Servia e Finlândia. O pianista também dirige uma coleção voltada para a música contemporânea brasileira, Antonio Eduardo Collection, no qual consta em seu catálogo obras de Gilberto Mendes, Silvia Berg e Rodolfo Coelho de Souza.
Fonte: Governo do Estado do Paraná
10/09/2007



Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal