Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Pela primeira vez cultura é tratada como necessidade básica, diz Juca Ferreira

Pela primeira vez, no Brasil, a cultura está sendo tratada como uma necessidade básica da população. O ser humano tem a característica de, além das necessidades materiais, como alimentação, moradia, precisar da cultura para a realização plena da sua condição. A avaliação foi feita pelo secretário-executivo do Ministério da Cultura, Juca Ferreira, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, ao comentar o lançamento, amanhã (4) do Programa Mais Cultura.
O programa Mais Cultura será lançado em Brasília, pelo Ministério da Cultura, com o objetivo de garantir aos cidadãos brasileiros acesso aos bens culturais.
A solenidade de apresentação do programa contará com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro da Cultura, Gilberto Gil, e de titulares de outros ministérios envolvidos na ação.
Ferreira informou que o Ministério da Cultura vai ter acesso a R$ 4 bilhões, nos próximos três anos e meio de governo. Segundo ele, a Cultura terá os recursos através de convênios de outros ministérios, com a cooperação das estatais e bancos oficiais, que vão disponibilizar, por microcrédito, a possibilidade de financiamento de atividades culturais de pequeno e médio portes.
Segundo o secretário, a ação pública será intensa, no sentido de que o Brasil alavanque um desempenho cultural. Ele acrescentou que o ministro Gilberto Gil tem feito esforço para disponibilizar os recursos no país inteiro, para os produtores de cultura, artistas, organizações sociais, principalmente aos que operam nas faixas sociais mais desfavorecidas.
De acordo com o secretário-executivo, o presidente Lula incluiu a cultura na agenda do governo e o Ministério da Cultura vai trabalhar junto com outros ministérios, como o do Desenvolvimento Social, da Saúde, da Educação, para ter recursos para expandir a cultura no país. “Os números no Brasil são muito ruins. Quase todos em torno dos 10%. 10% dos brasileiros vão ao cinema, menos de 10% têm acesso a peças de teatro, a espetáculos de dança. O brasileiro lê em média 1,7 livro por ano e isso é concentrado nas mãos de poucas pessoas”. (Deborah Souza)
Fonte:Agência Brasil.
03/10/2007


Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal