Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Pernambuco se veste de personagens da cultura popular para o Carnaval de Todos

As ruas do Recife, de Olinda e de alguns municípios do Interior do Estado vão se transformar em um grande palco no qual a diversidade cultural pernambucana será a grande atração. Bonecos, alegorias e flâmulas inspiradas nos personagens e tradições populares de Pernambuco fazem da decoração do Carnaval de Todos um espetáculo para os olhos. O projeto das peças é assinado pelo arquiteto Carlos Augusto Lyra e a montagem inicia esta semana.
Os arranjos para a festa de Momo estão em sintonia com a proposta do Carnaval de Todos, que é a de mostrar Pernambuco aos pernambucanos. Dessa forma, 12 ícones da nossa cultura, entre personagens não só do Grande Recife, mas também encontrados na Zona da Mata, Agreste e Sertão estarão representados em estandartes, bandeiras e flâmulas.
De Petrolina, no Sertão do São Francisco, veio a idéia da Carranca; do município de Salgueiro, no Sertão Central, a Bicharada do Mestre Jaime; e de Triunfo, no Sertão do Pajeú, a tradição dos Caretas. Os ícones representativos do Agreste Central são os Caiporas, de Pesqueira, e os Papangus, de Bezerros. E na Zona da Mata, as manifestações símbolo foram os Maracatus Nação e Rural, Caboclinhos, e Cavalos Marinhos. Em homenagem a Olinda, que este ano comemora 25 anos como Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade, haverá peças com desenhos de bonecos gigantes e em alusão ao frevo.
“A idéia é que cada um desses municípios se reconheça nas peças que vão decorar os pólos montados, tanto interior do Estado como na Região Metropolitana, através das suas principais manifestações culturais”, revela a presidente da Fundarpe, Luciana Azevedo.
A Ponte Princesa Isabel, que liga a Rua da Aurora à Praça da República, terá estandartes fixados nos postes medindo 2,8 metros de altura por 1,4 metro de largura, formando uma alameda de cores. Na Rua da Aurora, haverá flâmulas penduradas nos postes e, nas árvores localizadas no cais, ficarão móbiles de diâmetros que variam entre 80 centímetros a 1 metro.
Outro local onde serão colocados os móbiles será a Praça da República. Lá, a decoração – que conta também com bandeiras de 9 metros de altura – será em homenagem aos quatro ritmos que concorrem ao título de Patrimônio Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan): o maracatu nação e o rural, além dos caboclinhos e cavalo marinho.
A Casa da Cultura terá as fachadas laterais coberta com bandeiras alegóricas. Já a Torre Malakoff – local onde funcionará o receptivo do Governo de Pernambuco durante o Carnaval de Todos – ficará completamente coberta com lonas e bandeiras. O prédio-sede da Fundarpe, na Rua da Aurora, também receberá peças da decoração: a fachada será forrada por uma malha com alusão aos temas do Carnaval de Todos.
O palco do Pólo Pernambuco-Olinda, montado em frente ao Fortim, contará com uma decoração especial, formada por móbiles em formas de bonecos que ficarão pendurados no teto, recebendo iluminação diferenciada. Nas árvores também estarão posicionados móbiles circulares.
Fonte: Governo do Estado de Pernambuco
22/01/2008

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal