Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Cajazeiras aguarda com alegria abertura da Festa

Um público estimado em 50 mil pessoas está sendo esperado para a abertura do Carnaval de Salvador que este ano acontece no Campo da Pronaica, bairro de Cajazeiras, o mais populoso da cidade a partir das 19 horas de amanhã (dia 31) tendo como atrações o afoxé Filhos do Congo, Elaine e Banda e banda Motumbá. Na oportunidade, o prefeito entregará as chaves da cidade ao Rei Momo, o comerciante Clarindo Silva decretando a abertura da maior festa popular do mundo, de acordo com registro do Guiness Book. Ao mesmo tempo, no circuito Osmar, o mais tradicional da folia, o bloco da Capoeira será o primeiro destaque desta dança-luta-arte homenageada dentro do tema "O coração do mundo bate aqui".
Um palco de 100 metros quadrados já está completamente montado e a iluminação do programa Cidade Bonita foi bastante reforçado com novos e potentes refletores e terá capacidade de iluminar o equivalente a uma cidade de 70 mil habitantes, segundo avaliações de técnicos encarregados do serviço. No quesito segurança, o esquema também já está implantado com dois módulos das polícias Civil e Militar e pequenas unidades policiais espalhadas em pontos estratégicos. Para assegurar a tranqüilidade da festa, uma câmera de alta resolução de longo alcance estará em ação dando apoio aos 400 policiais que atuarão no local.
Valorização
Os comerciantes cadastrados pela Secretaria de Serviços Públicos já começaram a montar suas barracas. Ali vão funcionar 43 barracas padronizadas, 42 desmontáveis, 18 especializadas na bebida conhecida como Capeta, além de dezenas de comerciantes com caixas de isopor. Para o Coordenador do carnaval de Cajazeiras, Delton Guimarães, a expectativa dos moradores é de muita satisfação, valorização "e, sobretudo, de alegria porque depois de treze anos de Carnaval Cajazeiras consegue trazer a abertura do Carnaval tornando-se momentaneamente um dos centros de atenção da festa", comemorou.
Delton destacou ainda que vários órgãos municipais e do Estado trabalharam intensamente para assegurar o brilho da festa e manifestou a certeza de que será um momento inesquecível e de muita alegria para os moradores não só de Cajazeiras como também de vários bairros próximos.
Ele destacou especialmente o trabalho da Emtursa, Bahiatursa, Polícia Militar, Limpurb, Sumac e Codesal. Para dar mais conforto aos foliões de Cajazeiras, a Limpurb colocou 15 sanitários químicos.
No intervalo das atrações grupos de danças, coreografias, hip-hop formado por moradores da própria comunidade estarão realizando performances. Quem pensa que a folia de Cajazeiras ficará restrita à abertura do Carnaval está enganado, pois até a próxima terça-feira (dia 5 de fevereiro) grupos musicais estarão se revezando no palco armado no Campo da Pronaica fazendo muita festa para um dos carnavais mais animados de Salvador.
Na Barra-Ondina, os blocos chamados alternativos iniciam o desfile no circuito do mar. Assim será o primeiro dia de folia, que este ano também se rende a Iemanjá, cujo dia (2 de fevereiro) cai no sábado, o que, para os organizadores da festa, é um presente muito especial para a capital da alegria.
Sem interferir nas celebrações para Iemanjá, a Emtursa vai promover também a sua homenagem à Rainha do Mar, "ela que será o grande presente do nosso Carnaval", como diz o Presidente da Empresa de Turismo S/A, Misael Tavares. No bairro, serão montados palcos especiais para apresentação das mais diferentes vertentes musicais, do samba ao jazz e está prevista a presença de blocos e cortejos afros, a exemplo do Bloco do Jacu que vai desfilar de Ondina até o Rio Vermelho animando os foliões.
Dentro das homenagens à Capoeira, dança, esporte, arte e luta trazidos nos navios negreiros, os mestres capoeiristas João Pequeno (capoeira Angola) e Dr. Decânio (regional) serão personalidades-símbolo da folia. A rainha e as princesas também já foram escolhidas: respectivamente Vivian Guerreiro, Renata Marzola e Maisa Oliveira Gonçalves e vão reinar para os mais de dois milhões de pessoas que vão brincar de quinta-feira até terça-feira, 5 de fevereiro, em clima de paz e alegria
Entrar para a História
O Presidente da Emtursa, Misael Tavares, disse que já está tudo pronto para "um Carnaval que vai entrar para a história". Ele explicou que a escolha de Cajazeiras para a abertura da festa foi uma maneira de o prefeito João Henrique homenagear o mais populoso bairro de Salvador. A festa também terá fogos de artifício, bonecões e shows da banda Motumbá, Filhos do Congo e da cantora Elaine e banda. Este ano, além de Cajazeiras, haverá folia na Liberdade, Itapuã, Pau da Lima, Plataforma e Periperi.
Uma grande estrutura será montada nas ilhas de Maré, Bom Jesus dos Passos e dos Frades para garantir segurança e alegria a essas comunidades com orquestras e bandas de percussão. Ao todo são 18 trios independentes que vão estar tocando para o povo nas ruas dos três circuitos. Além do Osmar (Campo Grande) e Dodô (Barra/Ondina), o folião pipoca terá trios também na Praça Castro Alves, onde foi montado um palco fixo para apresentações de artistas. O patrocínio é do Banco Itaú, Schincariol, Ponto Frio, Vivo e Petrobras, além do Governo do Estado.
Misael Tavares assegura que, pela primeira vez na história do Carnaval, foi feita uma licitação para que empresas de publicidade pudessem fazer a captação de recursos para a maior festa popular do planeta. Este novo modelo de captação de recursos representa uma importante mudança para a profissionalização do Carnaval de Salvador. Ele destaca ainda a megaestrutura montada pela Emtursa para melhor atender os mais dois milhões de baianos e turistas que são esperados nos seis dias da maior festa popular do planeta.
Ele ressalta também a parceria com a Sesp, Limpurb, Secretaria da Saúde (estado e município), Vigilância Sanitária, Polícias Civil e Militar, Bombeiros (num total de 20 mil policiais), Sumac, Parques e Jardins, Prodasal e Salvamar, entre outros órgãos.
Fonte: Prefeitura Municipal de Salvador.
31/01/2008

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal