Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

Prefeitura do Rio declara obra de Machado de Assis patrimônio cultural

Decreto da a Prefeitura do Rio publicado hoje no Diário Oficial do Município declarou patrimônio cultural carioca a obra do escritor Machado de Assis. Considerado o maior autor da literatura brasileira e um dos gênios da literatura mundial, Joaquim Maria Machado de Assis foi romancista, jornalista, contista, cronista, poeta e teatrólogo. A homenagem da Prefeitura carioca acontece no dia em que é lembrado o centenário da morte do escritor.
Machado de Assis nasceu no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839, e morreu também no Rio, onde sempre viveu, em 29 de setembro de 1908. Foi o titular da Cadeira 23 da Academia Brasileira de Letras (ABL), que presidiu por mais de dez anos. Entre suas obras mais importantes estão os romances “Dom Casmurro”, “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, “Quincas Borba” e “Memorial de Aires”.
Ainda como parte das homenagens a Machado de Assis, a Prefeitura tombou, em caráter provisório, as fachadas e os telhados de dois imóveis da região central do Rio onde o escritor morou. Um dos imóveis fica na Rua dos Andradas, 147, onde ele viveu entre 1869 e 1871, e o outro fica na Rua da Lapa, 242, endereço de Machado em 1874 e 1875. Qualquer obra nesses prédios deve ser previamente aprovada pelo Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro. (Paulo Virgilio)
Fonte: Agência Brasil.
29/09/2008

 

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal