Fale conosco, e-mail, telefone e endereço.
Abertura

8º FENACE É Aberto no Santa Izabel

O canto coral ganhou destaque na cidade com a abertura, na noite desta sexta-feira (24), do 8º Festival Nacional de Corais de Empresas (Fenace), no Teatro de Santa Isabel, realizado pela Associação Brasileira de Canto Coral (ABcantocoral), com patrocínio da Prefeitura do Recife. Durante três dias, 26 grupos de vários estados brasileiros se apresentarão no teatro, entre eles as bandas de Boca da Bahia, de Salvador; a Vocal Perseptom, de São Paulo; e o Vocal BR6, do Rio de Janeiro. A entrada custa 2 kg de alimento não perecível.
A cada noite, os integrantes do coral mais votado pelo público receberão ingressos para um parque aquático, além de um troféu confeccionado com material reciclável. Esperamos que seja um grande evento, pela participação de vários corais de outros estados. O diferencial este ano é a exigência que os grupos cantem pelo menos uma música de autor pernambucano, com o objetivo de valorizar nossos compositores, comentou Dalva Rocha, vice-presidente da ABcantocoral.
Após a abertura oficial do festival, com a Banda da Polícia Militar executando o Hino Nacional, o primeiro grupo a subir ao palco foi o Coral da Cultura Inglesa (SP), apresentando um repertório que mesclou músicas eruditas, sacras e até uma versão para Cantiga de Cangaceiro, de Roque Ferreira. Para a orientadora vocal do grupo, Mirian Farina, cantar no recife é especial para o coral. É uma experiência muito gratificante. Ouvimos muito falar no Santa Isabel e é um prazer estar aqui para apresentar nosso trabalho, disse. Já a soprano do Coral Viver Casa Forte (PE) destacou o momento especial de se apresentar no teatro. É uma emoção muito grande, pois é a primeira vez que temos a oportunidade de cantar no Santa Isabel, comemorou.
Nesta primeira noite de festival também subiram ao palco, nesta ordem: o Coral Canto no Ar (PE), com repertório de música popular brasileira; o Coral Sons da Terra (RN), trazendo um misto de bossa nova, frevo e sambas consagrados; o Coral Viver Casa Forte (PE), com repertório internacional e músicas de Nando Cordel e Alceu Valença; o Coral Municipal de Igarassu (PE), com repertório de Tom Jobim, Vinícius de Morais e Chico Buarque; o Coral Lacem (BA), cantando Caetano Veloso, Dorival Caymi e Luiz Gonzaga; o Coral Unipê (PB), com repertório que mesclou jovem guarda, e compositores internacionais; e , finalmente o Banda de Boca (BA), apresentando um show de percussão vocal e arranjos que simulavam outros instrumentos com a boca.
HOMENAGEM - O 8º FENACE será dedicado à memória do maestro e ex-regente do coral Lauri Amorim. Entre os homenageados, ainda estão o regente e compositor Lindbergh Pires, o Irmão Pires; Madrigal Unicap; e o professor de música Dierson Torres.
OFICINA
No sábado (25), o maestro e doutor em regência coral pela Universidade de São Paulo, Marcos Júlio Sergl, comandará uma oficina gratuita de gestuação e repertório, das 9h30 às 13h30, na Sala dos Espelhos do Teatro de Santa Isabel. À tarde, a parte prática ocorrerá no Mosteiro de São Bento, em Olinda. Os interessados precisam ter experiência com regência e realizar a inscrição momentos antes do início da aula.
Fonte: Prefeitura Municipal de Recife
24/10/2008

Página de aberturaÍndice de notícias.

Índice do Canal